Ao vivo: Comissão de Ética vota representação contra Eduardo Cunha

da Agência Câmara e TV Câmara
cunha_conselhoO presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), abriu agora há pouco a reunião para continuação da apreciação do parecer preliminar que pede a continuidade da representação contra o presidente Eduardo Cunha.

Araújo encerrou a fase de discussão do processo nesta terça-feira (8) e garantiu que vai colocar em votação o relatório do deputado Fausto Pinato (PRB-SP).

Sessão ao vivo encerrada às 16h10:

Pinato ressaltou que, durante o processo, Eduardo Cunha terá o direito de se defender. “Em momento algum, entro na questão de mérito e levaremos em consideração todas as ponderações”, disse o relator. Ele afirmou ainda que é importante levar para a sociedade brasileira o exame de mérito da matéria. “Nesse momento, cabe agora apenas admissibilidade ou inadmissibilidade”, esclareceu.

Defesa

O advogado de Eduardo Cunha, Marcelo Nobre, voltou a afirmar que Cunha não mentiu na CPI da Petrobras, quando afirmou que não mantinha contas no exterior. O advogado acrescentou que não existem provas contra seu cliente. Segundo ele, delação não é prova de nada.

A reunião está sendo realizada no plenário 11.

Comentários encerrados.