Por Esmael Morais

André Vargas estuda fazer ‘delação premiada’ para atingir Cunha

Publicado em 11/12/2015

O diabo é que nem Cunha nem PT estão em condições de ajudar alguém, pelo contrário, precisam ser ajudados. O primeiro corre risco de cassação e de prisão; o segundo corre perigo de extinção.

Vargas foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a 14 anos e quatro meses de reclusão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, na negociação de contratos de publicidade com o governo.

No mês passado, o Ministério Público Federal (MPF) pediu uma segunda condenação do ex-deputado pelo crime de lavagem de dinheiro na compra de uma residência em Londrina no ano de 2011.