14 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
34 Comentários

Fruet assina manifesto contra impeachment de Dilma

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), está entre os 16 que subscreveram um manifesto de prefeitos de capitais contra o impeachment e em apoio a presidente Dilma Rousseff (PT).

Em 2012, na eleição, Fruet recebeu apoio político de Dilma e puxou o PT para aliança dando-lhe a vice.

O diretório municipal do PT de Curitiba “amoleceu o coração” com o gesto de Gustavo Fruet. O partido cogita candidatura própria em 2016, o que significa romper a aliança com o pedetista.

Abaixo, leia a íntegra do manifesto de apoio dos prefeitos à presidente da República:

Nota à imprensa – EM DEFESA DAS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS

Nós, prefeitos de capitais brasileiras, repudiamos o acolhimento do pedido de abertura de impeachment contra a Presidenta da República, acatado pelo presidente da Câmara Federal.

Devemos respeitar a vontade da população que conferiu à Presidenta da República o exercício de seu mandato. A Presidenta Dilma Rousseff tem demonstrado retidão institucional e compromisso público no exercício de suas funções.

Vale ressaltar que a análise do pedido de afastamento se inicia eivada de vícios, o que denota condução desvirtuada do processo. Por isso, os efeitos foram responsavelmente suspensos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) até a decisão do Plenário daquela instituição.

A banalização do uso do dispositivo legal do impeachment fragiliza as instituições e atenta contra a democracia. No pedido acolhido pela Presidência da Câmara dos Deputados não há atos ou fatos que respaldem o início de um processo dessa natureza. A peça se apoia em ilações e suposições que tentam, sem consistência jurídica, imputar responsabilidade à Presidenta da República, como em pedidos rejeitados anteriormente.

As dificuldades pelas quais passa o Brasil não serão s Leia mais

14 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Richa fecha escolas e universidades para financiar golpismo de Veja?

O governador Beto Richa (PSDB) perdeu de vez a compostura – se é que já a teve alguma vez. Além de planejar o fechamento escolas em 2016, por falta de recursos, o tucano também deu calote na Universidade Estadual do Paraná (Unespar) que levou ao fechamento do campus da tradicional Faculdade de Artes do Paraná (FAP).

Ato contínuo, Richa promove uma verdadeira farra publicitária nas páginas da decadente revista Veja. Na edição desta semana, por exemplo, o semanário da Abril recebeu vistoso anúncio duplo (duas páginas) sobre “o avanço do Paraná à condição de 4ª maior economia do Brasil”, ultrapassando o vizinho estado do Rio Grande do Sul.

Antes de discutir o conteúdo de mais essa farra em propaganda, o Blog do Esmael abre um parêntese para recordar que na semana passada uma escola construída no município de Marechal Cândido Rondon não foi entregue porque a construtora levou um calote do tucano. Há também uma empresa de produtos odontológicos e hospitalares, a Litoral Sul, que reclama ter levado calote de R$ 500 mil de Richa. O material teria sido destinado à Secretaria de Estado da Saúde (SESA). É chover no molhado constantes as rasteiras que o governador passou nas progressões e promoções de professores e servidores. Fechemos o parêntese.

A farra publicitária em Veja coincide com o anúncio do apoio de Beto Richa ao golpe contra a presidente democraticamente eleita, Dilma Rousseff (PT). A revista da Abril é a principal entusiasta da derrubada da petista para alçar em seu lugar um tucano. No ninho brigam pelo cargo como, se fossem corvos, o próprio governador paranaense, os senadores Aécio Neves (MG) e José Serra (SP), bem como o governador paulista Geraldo Alckmin.

Acerca do conteúdo da propaganda veiculada em Veja, o leitor do Blog do Esmael já teve um parecer inicial, mas vamos reavivá-lo. O governo de Beto Richa reivindica para si a ascensão à posição de quarta maior economia do Brasil, no entanto, a poderosa Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) discorda peremptoriamente dessa visão. A entidade afirma que a subida ocorreu “apesar do tucano” e graças ao empreendedorismo e esforço contínuo de empresários e trabalhadores do estado.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o estado do Paraná respondeu por 6,3% de todas as riquezas produzidas no país em 2013, superando o resultado do Rio Grande do Sul, com 6,2%.

Beto Richa faz sua profissão de fé a luta pela manutenção do ‘pedágio mais caro do mundo’ nas rodovias paranaenses — o que diminui a competitividade dos produtos locais. Além do pedágio, o tucan Leia mais

14 de dezembro de 2015
por admin
11 Comentários

Beto Richa dá calote que fecha campus da Universidade Estadual do Paraná

fapOs calotes aplicados pelo governador Beto Richa (PSDB) não são nenhuma novidade. São fornecedores, servidores, aluguéis, gasolina para viaturas, e todo tipo de serviço ou mercadoria que se possa imaginar. O tucano não vacila em cortar pagamentos e atrasar repasses.

Desta vez aconteceu com a Faculdade de Artes do Paraná (FAP) que faz parte da Unespar (Universidade Estadual do Paraná), em Curitiba. Devido a atrasos de repasses para duas empresas prestadoras de serviço terceirizadas, uma de limpeza e segurança, outra de informática, som e iluminação.

Sem condições de funcionar sem esses serviços, o Conselho de Campus decidiu interromper as atividades acadêmicas até que a situação seja regularizada. A Faculdade oferece nove cursos de graduação e três de pós-graduação com cerca de mil estudantes. Leia mais

14 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
1 Comentário

PRB pede ao STF retorno de Pinato à relatoria de processo contra Cunha

da Agência Brasil

Pinato_CunhaO PRB entrou hoje (14) com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para que o deputado federal Fausto Pinato (PRB-SP) seja reconduzido ao posto de relator do processo de cassação do mandato do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Leia mais

14 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
1 Comentário

Manuela, do PCdoB, lidera em todos os cenários a disputa em Porto Alegre, diz Paraná Pesquisas

do Correio do Povo

Manu_pesquisaO Instituto Paraná Pesquisas e o Correio do Povo apresentam nesta segunda-feira a terceira pesquisa da série de consultas realizadas no Estado com o objetivo de avaliar a opinião pública sobre administrações federal e estadual e situação eleitoral em municípios.

A pesquisa realizada em Porto Alegre teve por objetivo avaliar a opinião da população da Capital sobre a administração municipal. Foram apresentados três cenários aos eleitores. Segundo os dados da consulta, a deputada estadual do PC do B, Manuela D´Ávila, venceria o pleito nos diversos cenários, incluindo eventual segundo turno onde ganharia mesmo com alternância de candidatos. Leia mais

14 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
35 Comentários

Comício contra golpe reunirá quinta Lula, Requião, Ciro e Dino no ABC

As forças democráticas e progressistas resolveram retomar a iniciativa política neste final de 2015, pois na próxima quinta-feira, dia 17, realizarão um “Dia de Vigília Contra o Golpe” que começará às 13 horas e se encerrará na madrugada seguinte.

Dentre a programação oficial, às 22 horas, haverá um comício em defesa da democracia com as presenças do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), do ex-ministro Ciro Gomes (PDT), do senador Roberto Requião (PMDB-PR), do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e do prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT).

O evento suprapartidário será no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e terá transmissão ao vivo para o Brasil e o mundo, pelo Blog do Esmael, em parceira com a TV 15.

As forças democráticas terão a oportunidade de modificar a correlação de forças e virar o ano na ofensiva.

O primeiro teste dar-se-á nas ruas na quarta-feira, 16, véspera do grande comício no ABC — o berço das grandes manifestações e greves que abreviaram a ditadura militar.

Entretanto, parte dos oradores inscritos deverão pedir que a presidente Dilma Rousseff (PT) mude os rumos da economia.

Leia mais

14 de dezembro de 2015
por admin
180 Comentários

Coluna da Maria Victória: Pelo corte no programa Bolsa Família

“A pior ditadura não é aquela que aprisiona o homem pela força,
mas sim pela fraqueza, fazendo-o refém das próprias necessidades”
Júlia Lícia

Maria Victoria Borghetti Barros*

Sou suspeita em falar sobre esse assunto, já que a proposta do corte no programa assistencialista Bolsa Família no orçamento do Governo Federal para o ano de 2016 é do deputado federal Ricardo Barros, meu pai. Mas sinto que devo emitir minha opinião: É triste ver o Governo Federal dando o peixe, ao invés de ensinar a pescar, ainda mais para mim, totalmente favorável ao investimento em educação a longo prazo no Brasil, acreditando ser a única salvação para o futuro de uma geração mais preparada e digna de ser brasileira.

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome afirma que 72% da população adulta beneficiada pelo Programa possui renda declarada, seja com emprego de carteira assinada ou com trabalho no mercado informal. O cartão Bolsa Família funciona como complemento de renda, ou seja, é demagogia dizer que as pessoas beneficiadas voltarão à miséria.

Significa somente que o PT perderá parte de seu eleitorado, amarrado e costurado por assistencialismo, populismo puro. Ao invés de dar condições dessas pessoas se capacitarem profissionalmente, e assim, caminharem com as próprias pernas, o Governo faz com que elas fiquem na dependência de tal benefício.

O Governo Federal precisa colocar as contas em ordem para sair da crise. É preciso permitir que investimentos voltem a ser realizados para gerar empregos e renda, fazendo o país voltar a crescer. Só assim, e sem a corrupção que escandaliza a cada dia, poderemos ver o Brasil e sua população receber e ser o que, de fato, merece.

Temos um déficit no orçamento da União superior a R$ 30,5 bilhões. Cortes tem que ser feitos e não tem mágica, e não é com cortes vultosos na Educação, como os R$ 7 bilhões anunciados no início do ano, além da diminuição de turmas do Pronatec, programa voltado para o ensino técnico e profissional, é que o problema será resolvido.

*Maria Victoria Borghetti Barros é deputada estadual, pré-candidata a prefeita de Curitiba pelo PP, vice-presidente da Comissão de Educação na Assembleia Legislativa do Paraná. Ela escreve às segundas-feiras no Leia mais

14 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Garganta Profunda de Londrina: Vem aí Ademar “Ostentação” Traiano para o governo em 2018

O Blog do Esmael mostrou na semana passada que o deputado licenciado e secretário de Urbanismo (SEDU), Ratinho Júnior, do PSC, planeja retornar à Assembleia para presidi-la a partir de 2017. Também registrou que a medida seria profilática no sentido de barrar o avanço da família Barros rumo a 2018.

Pois bem, a partir de abril de 2018 o governador Beto Richa (PSDB), se quiser um mandato que lhe dê imunidade, terá que desincompatibilizar-se. Aí, assume a vice-governadora Cida Borghetti (PROS), mulher de Ricardo Barros (PP), “temido por todos os tucanos no Palácio Iguaçu”.

Garganta Profunda de Londrina, principal informante do Blog do Esmael com acesso fácil à antessala de Richa, ouviu a mais nova engenharia política da “Turma do Chapéu” – aquela que costuma passar o chapéu.

A fórmula para segurar os Barros consistiria no PSDB lançar candidatura própria à sucessão de Richa. O nome para a tarefa seria do atual presidente da Assembleia, Ademar “Ostentação” Traiano, que liberaria o cargo que ocupa para Ratinho Júnior num processo “sem disputa” no parlamento.

Definido o nome de Traiano como candidato ao Palácio Iguaçu, restaria a Richa e Ratinho uma “dobradinha” para o Senado, haja vista que estarão em jogo duas vagas em 2018.

Um astuto observador dos bastidores da política paranaense comentou ontem na Boca Maldita: “só falta os tucanos combinar essa estratégica com os russos”.

Leia mais

14 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
16 Comentários

Juiz Sérgio Moro recebe homenagem de “fantasma” em Curitiba

O coordenador da operação Lava Jato, juiz Sérgio Moro, recebeu ontem (13) à noite, em Curitiba, homenagem da confraria “Boca Maldita”, que é presidida por Ygor Siqueira.

Ygor herdou do pai dele, Anfrísio Siqueira, a presidência da entidade, que tradicionalmente realiza jantar para os novos cavalheiros da Boca Maldita no dia 13 de dezembro.

Dito isto, vamos à homenagem ao doutor juiz Sérgio Moro.

Segundo o jornalista Celso Nascimento, colunista do blog Gazeta do Povo, edição online do último dia 9 de dezembro, “após 17 anos sem nunca dar expediente, o servidor Ygor Siqueira acaba de ser demitido dos quadros da Câmara. Ganhava R$ 17 mil por mês”. Ou seja, o presidente da confraria Boca Maldita era funcionário “fantasma” do poder legislativo municipal desde 1998.

Além de Moro, também foi homenageado no jantar de ontem o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin.

O 59º jantar da Boca Maldita foi realizado no chiquérrimo hotel Four Points by Sheraton, no bairro Batel.

Leia mais

14 de dezembro de 2015
por admin
5 Comentários

Coluna da Gleisi Hoffmann: Contra o corte do Bolsa Família

Download

Gleisi Hoffmann*

Com todo respeito ao ministro Joaquim Levy, não é razoável impor um superávit primário agora ao orçamento de 2016, ainda que seja de 0,7%. Assim como é uma sandice cortar 10% do Bolsa Família, principalmente porque entramos em um período de aumento do desemprego e piora da economia no país.

Diz-se que as contas públicas estão descontroladas, mas nada se fala do custo dos juros que as dilaceram!

Não é possível, razoável, justificável, impor uma economia no orçamento para pagar juros, cujos custos já acumulam mais de R$ 400 bilhões ao ano, e beneficiam cerca de 1% da população, em razão da alta da Selic, e reduzir o Bolsa Família, um programa que custa ao ano R$ 25 bilhões e beneficia 20% da população. Que inversão é essa?!

Atrás de discursos bonitos feitos pelos mercados sobre equilíbrio fiscal, lição de casa, gastar o quanto se ganha, enfeitados pelo argumento fácil de que basta vontade para vencer na vida, vem a velha receita de manter para os ricos e retirar dos pobres!

Não podemos aceitar passivamente esse tipo de argumentação, achando que faz parte da natureza das coisas!

Ora, o desequilíbrio financeiro que vivemos nada tem a ver com o Bolsa Família, com aumento de recursos para educação, sempre tão cobrados pela sociedade, com os investimentos no social. Tem a ver com juros, com a exorbitante Selic de 14,25%, arbitrada pelo Banco Central, que se transforma em quase 300% ao ano para quem usa cheque especial!

Será que precisamos de uma taxa de juros tão alta para equilibrar as operações de crédito subsidiadas pelo governo, como diz o mercado, ou temos subsídios para o crédito porque o sistema financeiro não gosta de correr riscos e por isso não empresta?!

A última pérola para o discurso vicioso seria o Banco Central, como ventila-se, aumentar mais os juros para conter a inflação. Com o PIB no chão, o consumo das famílias em baixa e o crédito minguando, qual seria o efeito de um aumento da Selic?!

Com certez Leia mais

14 de dezembro de 2015
por admin
5 Comentários

Coluna do Luiz Cláudio Romanelli: Mais respeito às pessoas com deficiência

Download

“Amar é descobrir que a deficiência do próximo faz parte do perfeito mosaico humano”
Douglas Américo

Luiz Cláudio Romanelli*

Na semana que passou o Paraná realizou a IV Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Os participantes tiveram pelo menos uma excelente noticia: o governador Beto Richa (PSDB) autorizou a redução da jornada de trabalho, sem alteração na remuneração, de funcionários públicos e militares estaduais que têm familiares com deficiência.

A medida vai permitir que estes servidores acompanhem seus parentes nos tratamentos especializados, durante seu processo de habilitação ou reabilitação e, também, no atendimento de suas necessidades básicas diárias.

A regulamentação da redução da carga horária para servidores públicos estava prevista no artigo 63 do Estatuto da Pessoa com Deficiência, sancionado pelo governador Beto Richa em janeiro deste ano. Elaborado, discutido e aprovado em audiências públicas realizadas em todas as regiões do Paraná, o estatuto foi criado para assegurar e promover, em condições de igualdade, o exercício dos direitos e das liberdades fundamentais as pessoas com deficiência, visando à sua inclusão social e cidadania.

O documento apresenta as diretrizes para áreas como saúde, educação, profissionalização, trabalho, assistência social e acessibilidade, que propiciam o bem-estar social e econômico das pessoas com deficiência.  A aprovação do Estatuto da Pessoa com Deficiência do Estado do Paraná foi uma ação essencial, que ampliou a eficácia da garantia dos direitos no Estado.

A decisão do governador é um avanço significativo e um exemplo a ser seguido, principalmente se levarmos em conta que embora o pais tenha uma lei avançada para proteger as pessoas com deficiência, sua eficácia e efetividade são questionáveis.

Não basta apenas chamar a atenção para a questão do cumprimento da lei, do respeito aos direitos das pessoas com deficiência, como tentou fazer a prefeitura de Curitiba quando lançou a malfadada campanha dos outdoors. Para quem não lembra: algum “jenio da comunicassao” da” Prefs” teve a ideia de instalar outdoors na cidade com a mensagem “Pelo fim dos privilégios para deficientes”, identificando os autores como Movimento pela Reforma dos Direitos.  Os “especialistas” em mídias sociais da “Prefs” também criaram uma página no Facebook sugerindo o fim das cotas em concursos, a redução em 50% das Leia mais