Requião: “PT não quer tirar a ‘boquinha da teta’ na Prefeitura de Curitiba”

requiao_tadeu_ttO senador Roberto Requião (PMDB) não deixou passar em branco a decisão “meia bomba” do PT de Curitiba, que aprovou como tática eleitoral o lançamento de candidatura própria à Prefeitura, mas não largou os cargos comissionados na gestão de Gustavo Fruet (PDT).

Para Requião, o não rompimento de verdade dos petistas com a administração pedetista converteu-se numa aliança “espúria” porque ela se dá pela manutenção da “boquinha” de alguns “leitõezinhos vesgos” na teta da Prefeitura.

Veja a tuitada do peemedebista:

O PMDB de Curitiba tende lançar o deputado Requião Filho à sucessão de Gustavo Fruet. O clã Requião descarta composição no primeiro turno com o PDT.

“Não tem arrego. Requião Filho será candidato à Prefeitura de Curitiba”, sentenciou o deputado federal João Arruda, secretário-geral do PMDB do Paraná.

Comentários encerrados.