Ex-aliado, PSDB diz que Cunha não convenceu sobre contas na Suíça

do Brasil 247

:

Em nota divulgada nesta quarta-feira 11, como previsto, a bancada do PSDB na Câmara afirma reiterar “de forma ainda mais veemente” o pedido de afastamento do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e declara que o deputado, acusado de corrupção, não convenceu em suas explicações sobre ser beneficiário de contas secretas na Suíça.

“Ele não se explicou, não convenceu a bancada do PSDB nem o país, fez alegações soltas, sem o necessário respaldo e provas”, disse em coletiva de imprensa o líder Carlos Sampaio (PSDB-SP), que até poucos dias concedia a Cunha o “benefício da dúvida”, mesmo depois da divulgação de documentos e da assinatura do presidente da Câmara vinculados às contas.

Os deputados dizem ainda, no comunicado, que tomam tal decisão devido à “ética”. Fica claro, no entanto, que na atual situação, Cunha não é mais um personagem viável para dar sequência ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, interesse comum de Cunha e PSDB e único motivo para a aliança.

Resta saber se o posicionamento dos tucanos, de afastar Cunha, será coerente com a votação do processo de cassação contra o peemedebista que corre no Conselho de Ética. Confira a íntegra da nota:

11 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Vamos ter noção das coisas. O Cunha foi eleito através de acordo entre todos os partidos, inclusive o PSDB, que a algum tempo atrás o estava paparicando na tentativa de conseguir o impeachment da Presidente Dilma, mas como a máscara de bom moço caiu e a verdade está ai para quem quiser ver, os tucanos resolveram chutar a buzanfa dele. Bem típico de partido que só visa o poder e que se lixe o povão.
    Nesta altura de campeonato, acreditar em políticos de qualquer partido neste Brasil é passar atesto de INOCENTE, porque bem peneirado e bem separado, não fica um que preste para ser votado. E ainda criaram a tal FIXA LIMPA, que pelo visto de LIMPA não tem é nada.

  2. Estamos longe das festas juninas, mas de qualquer modo,
    vai aqui um “Correio Elegante”:
    A música que ouviremos a segui, é oferecida por
    Eduardo Cunha ao seu (Ex-My Love) PSDB, com muita
    mágoa e indignação no coração… snif, snif, snif…
    https://www.youtube.com/watch?v=Lw4h-vVkwTk

  3. Cadê o Serra, Aloysio Nunes, Aécio, FHC, Agripino, Álvaro nesta foto? Não tem moral ou não querer queimar a imagem?

  4. O PSDB queria trocar a cabeça da Dilma pala consultoria de como se esconde dinheiro e como não é investigados como é a pratica deles.Como o CÚnha achou que o impeachment é difícil ficou meio que bobeando e os tucanos se irritaram.
    Não sei qual seria a troca,poderia ser a filiação do CÚnha no PSDB ai jamais seria molestado por ninguém.

  5. Esmael, veja só:

    http://tijolaco.com.br/blog/desembargadora-da-operacao-zelotes-da-dura-no-mp-mas-voce-nao-leu/

    Essas coisas a velha mídia não se interessa. Na hora de descer o porrete, vem sem dó.

  6. A entrevista na Grobo não deu certo, gastou dinheiro a toa! Carne moída não sei não, tenta outra, vai que cola!

  7. Esperaram, esperaram, esperaram e desceram um pouco do muro só para dizer que a Suíça está com a razão … logo subirão.

  8. É bancada ou cambada? Ou seja, a tucanalha somente agora descobriu que o Cunha é bandido? Quanta inocência em um partido tão puro.

    • Kaká, a pureza do PSDB é igual a do PT, que ainda não abandonou o Cunha…

      • Camaradinha, quem elegeu o Cunha não foi o PT. Ao contrário, o PT apresentou candidato próprio na eleição para a presidência da Câmara. Quem sempre apoiou o Cunha foi a sua própria bancada, o PSDB, o DEM, a turma do honestíssimo Paulinho da Força, a bancada ruralista, da bala e os retrógrados que querem fazer o Brasil voltar para a Idade Média. Quem pariu Mateus que o embale. Além do mais, o PSDB é aquele partido que já criticou Cunha num dia e no outro estava reunido com ele na sua residência.

  9. Até o mega, super inteligente e exímio administrador público, o Hauly, aquele que foi secretario de Fazenda por duas vezes e, tal qual o Lula, também não sabia de nada do que se passava na Receita Estadual, está na foto.