Banqueiro André Esteves, preso pela Lava Jato, é considerado “garoto prodígio” pelos barões da mídia

O banqueiro André Esteves, preso na manhã desta quarta-feira (25), é considerado "garoto prodígio" da velha mídia, sobretudo do Globo e Abril -- que editam as revistas Época e Exame. Ambas as publicações, em passado recente, exaltaram em suas respectivas capas o "milagre da multiplicação" do BTG Pactual; quanto ao senador Delcídio Amaral (PT-MS), também preso pela Polícia Federal por atrapalhar investigações, “coitado”, é petista, deverá ser massacrado pelos barões da velha mídia.

O banqueiro André Esteves, preso na manhã desta quarta-feira (25), é considerado “garoto prodígio” da velha mídia, sobretudo do Globo e Abril — que editam as revistas Época e Exame. Ambas as publicações, em passado recente, exaltaram em suas respectivas capas o “milagre da multiplicação” do BTG Pactual; quanto ao senador Delcídio Amaral (PT-MS), também preso pela Polícia Federal por atrapalhar investigações, “coitado”, é petista, deverá ser massacrado pelos barões da velha mídia.

A prisão do senador Delcídio Amaral (PT-MS), líder do governo no Senado, na manhã desta quarta-feira (25), é fato inédito na política brasileira, pois é a primeira vez que um parlamentar da Câmara Alta é preso no exercício do mandato.

A Constituição Federal de 1988 prevê no artigo 53, § 2º, a prisão de parlamentares somente em flagrante delito. No caso, Delcídio teria obstruído a Justiça — o que é considerado crime permanente e inafiançável.

Agora, de acordo com o mesmo artigo 53, § 2º da Constituição, o Senado tem que decidir até amanhã se o senador Delcídio Amaral permanece preso ou não.

É bom que fique claro que a prisão do senador petista não ocorreu pela Lava Jato, mas decorreu de uma autorização do STF a pedido do Ministério Público Federal (MPF).

Outro ineditismo nessa fase da Operação da Lava Jato, desencadeada hoje, foi a prisão do banqueiro André Esteves, cujos tentáculos se espalham em diversos negócios e, com certeza, também chegou à Petrobras.

O banqueiro Esteves é considerado “garoto prodígio” pela velha mídia, sobretudo pelos grupos Globo e Abril — que editam as revistas Época e Exame. Ambas as publicações exaltam o “milagre da multiplicação” do  BTG Pactual.

Ainda não se tem a extensão do envolvimento Esteves com a corrupção na estatal de petróleo, mas sabe-se que o banqueiro dono do BTG Pactual tem interesses inclusive no Paraná.

O terceiro ineditismo é a prisão de empreiteiros consagrados internacionalmente, cujos proprietários e diretores ainda se encontram com restrição de liberdade.

19 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. UÉEEEEEEEEEEE;;;;RICO TAMBEM VAI EM CANA;;;;;;;;;KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK..FINALMENTE O BRASIL ESTA VIRANDO GENTE GRANDE..PARABÉNSSSSSSSSSS

  2. Meu falecido pai sempre me dizia que tinha duas formas de um homem pobre da noite para o dia ficar milionário, o primeiro é dando o golpe do baú, o segundo é fazendo maracutaia para se dar bem. No caso deste banqueiro, foi é fazendo maracutaia, só que picaretagem pelo visto de data de validade e quando a casa cai, vai muita gente junto para o fim do poço. E a PF só está fazendo isso, porque tem o apoio da Presidente, se não era como antes nos tempos dos tucanos. Tudo para debaixo do tapete.

  3. Dizem que o Banqueiro preso é também amigo do Aécio,até nas noitadas,ele pagou a lua de mel do amigo e acho que ajudou tirar o velcro da noiva.

    • É amigo do Lulla também, amigo de todo mundo que tenha ou possa ter caneta. Além disso, as amizades dele não mudam o fato do senador petista ter sido preso por vagabundagem sem que caiba justificativa.

      • Realmente não muda, mas estou curioso para saber se o amigão do “Aecioto” terá o mesmo destaque na “poderosa” como um certo empresário falido teve! Aliás, a maioria das notícias em seu título vinha primeiro a sua amizade e se sair perguntando na rua a maioria das pessoas nem sabe o nome do falido, só que é amigo de alguém!
        Será que o “PIG” fará o mesmo sensacionalismo com o estimado banqueiro com sua impressionante influência na PF Curitibana?

  4. Duas observações:

    1 – Quanto tempo Delcídio ficará preso? Até o almoço? Até amanhã??? É óbvio que o corporativismo reinante em todas as câmaras altas, médias e baixas, assembleias estaduais e assemelhados, acorrerá ao meliante, não só por ser do partido que hora infelizmente ainda ocupa o poder federal, como para salvar a própria pele. Ganhará tornozeleira (no caso, coleira) eletrônica e irá para sua “casinha” no Mato Grosso do Sul, onde já é dono de vastas terras e inúmeras cabeças de gado, graças ao petróleo que jorra à larga no congresso nacional. Canalha…

    2 – Se a moda pegasse, ahhhhhhh, que bom seria!!!!! Na província Del Paraná então, não sobraria muita gente na A.L. e nem nas 399 câmaras municipais!!!!! No prostíbulo do Iguaçu então, ficaríamos sem o seu atual “gerente”. Como disse anteriormente: Ahhhhhhhh, que bom seria!!!!!

    Obrigado, Delcídio pelo suicídio!!!!!!! 🙂 🙂 🙂

  5. Verdade também … inclusive, o PT (e seus filiados) inaugurou a condenação sem provas (baseado no “claro que sabia” do José Dirceu), o julgamento no STF por pessoas SEM foro diferenciado, a prisão “ad eternum” sem condenação, entre outras aberrações jurídicas. Não é estranho? Pra quem torce contra, não. Mas, pra quem milita no exercício do Direito e conhece dos trâmites legais, arrepia.

  6. kkkk vai faltar cadeia pra essa petezada ladrao.

  7. Se for corrupto, sendo de qualquer partido político, raça ou religião deve ser preso e responder processo. Infelizmente não é isto que se vê no Brasil.

  8. Esse blog é tão parcial que mesmo com uma FAIXA dizendo que integrantes do PT tentam de toda forma se esconder da LAVA JATO, não iria enxergar.
    Um Min do STF determina a prisão do SENADOR (coitadinho), e acredita mesmo que não há nada? É o mesmo senador que foi ofendido quando em férias em IBIZA, tudo com dinheiro dele (nosso).

  9. A diferenca apenas ‘e que um nao ‘e eleito pelo voto e nao representa o governo. Nunca antes um membro do Congresso foi preso no exercicio do mandato, novidade do PT.

    • Verdade também … inclusive, o PT (e seus filiados) inaugurou a condenação sem provas (baseado no “claro que sabia” do José Dirceu), o julgamento no STF por pessoas SEM foro diferenciado, a prisão “ad eternum” sem condenação, entre outras aberrações jurídicas. Não é estranho? Pra quem torce contra, não. Mas, pra quem milita no exercício do Direito e conhece dos trâmites legais, arrepia.

      • Coitado do Zé Dirceu, condenado no mensalão na base do “acho que”, enrolado no petrolão de novo na base do “acho que”, apesar de não gostar de explicar suas atividades comerciais tão rentáveis. Quando ao senador do PT, as gravações falam por si. Bandido, vagabundo, mafioso, como tantos outros de todos os partidos. A propósito, o banqueiro também era “amigo” do Lulla. Aliás, esse tipo de empresário é amigo de todo mundo. Basta ver como funcionam as doações eleitorais. No fundo é uma promiscuidade enorme que existe na relação entre políticos e enpresários neste país.

  10. Se o André Esteves fosse amigo do Lula, as manchetes hoje seriam: “Preso amigo do Lula”. Mas o André Esteves é amigo do Aécio! Não foi o André que presenteou o Aécio com a viagem de lua de mel? Mas aí todo mundo (da grande mídia) fica quietinho, esperando o André Esteves ganhar um HC do ministro que dá HC até pra estuprador…