“Cunha não tem mais condições de presidir a Câmara”, diz Rubens Bueno

cunha_buenoO dia está tenso, nesta quinta-feira (19), em Brasília, para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), cujo mandato corre risco de ser cassado.

Uma manobra de Cunha para adiar leitura de relatório no Conselho de Ética irritou os deputados.

“O PPS vai se ausentar do plenário, porque Eduardo Cunha não tem mais condições de presidir”, disse Rubens Bueno (PPS-PR), líder do partido na Câmara.

O quiproquó não terminou aí. Outro parlamentar paranaense, Sandro Alex, também do PPS, vice-presidente do Conselho de Ética, relatou que o deputado Fausto Pinato (PRB-SP), relator do processo de cassação contra o presidente da Casa, recebeu ameaças.

Para fechar o repolho, o ministro Marco Aurélio Mello, do Superior Tribunal Federal (STF), defendeu “saída espontânea” de Cunha do cargo — como quem pede para um cachorro “largar o osso”.

Enfim, a situação de Eduardo Cunha é crítica porque ele se isolou mais dos partidos que tradicional lhe sustentavam, dentre os quais PPS e DEM.

Comentários encerrados.