Por Esmael Morais

Coluna do Enio Verri: Paraná é o tubo de ensaio das maldades de Beto Richa

Publicado em 03/11/2015

Não é diferente com o fatídico dia 29 de abril, quando sob a pressão do funcionalismo, lançou bombas, tropa de choque, entre outros instrumentos de guerra contra professores. Nem mesmo os pedidos de lideranças políticas foram suficientes para a desistência de apropriar-se do fundo de aposentadoria dos servidores paranaenses.

Em cena hollywoodiana, Richa não só jogou bombas e agrediu professores, como ainda enganou os servidores ao não cumprir com os reajustes estabelecidos em lei. No mesmo caminho, promoveu campanha difamatória, colocando a população contra os grevistas, enfraquecendo a luta por uma educação de qualidade.

Repetindo os mesmos instrumentos, utilizou-se de todo seu poder midiático para ludibriar os paranaenses no que condiz com a democracia nas escolas. Após “abandonar” o anseio na indicação política para diretor de escola estadual, aprovou uma lei que atrela o mandato do mesmo a Secretaria de Educação.

Divulgada como a democratização do processo de eleição nas escolas, a publicidade governamental esquece de mencionar que embora todos tenham o direito ao voto, a manutenção no cargo depende da aprovação do Governo do Estado. Nada mais do que podar a independência do diretor na escola, alavancando barreiras para o desenvolvimento de políticas próprias e críticas as ações do Estado.

Mas o desrespeito não para por aí. Sob as rédeas dos investimentos massivos em meios midiáticos, o Governo do Estado agora tenta a todo custo fechar escolas pelos quatro cantos do Paraná. Em um discurso de economia e de melhor utilização do espaço, comprou guerra contra a população, ameaçando o funcionamento de instituições históricas.

Resta saber, qual será o ímpeto midiático e as ações estratégicas para convencer e ludibriar os paranaenses mais uma vez. Repetindo seus esforços para aprovar projetos de benefícios pessoais e prejudiciais aos que mais precisam do Estado.

*Enio Verri é deputado federal, presidente do PT do Paraná e professor licenciado do departamento de Economia da Universidade Estadual do Paraná. Escreve nas terças sobre poder e socialismo.