Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

22 de novembro de 2015
por esmael
10 Comentários

Macri vence segundo turno e encerra 12 anos de kirchnerismo na Argentina

do Opera Mundi
Em uma das eleições mais acirradas dos últimos anos na Argentina, o candidato Mauricio Macri (Cambiemos), venceu neste domingo (22/11), em um inédito segundo turno, o adversário apoiado por Cristina Kirchner, Daniel Scioli (Frente para a Vitória).

Em sintonia com o que apontaram as últimas pesquisas de opinião divulgadas antes da votação, Macri está com 53,32% dos votos, frente aos 46,68% obtidos por Scioli. Até o momento, 68,67% das urnas foram apuradas, mas já revelam tendência irreversível.

Scioli ligou para Macri e reconheceu a derrota.

Macri terá adiante o desafio de gerenciar um Congresso no qual a Frente para a Vitória ainda detém maioria e um país que tem a maioria de suas províncias controlada por governos peronistas – embora a mais importante delas, a de Buenos Aires, seja agora controlada também pelo Cambiemos, com Maria Eugénia Vidal.

Quem é o novo presidente da Argentina

Filho de Franco Macri, fundador e dono de um conglomerado que leva o nome da família e que atua em diversas áreas, como automóveis, correio e indústria alimentícia, Mauricio iniciou sua carreira política a partir de sua trajetória como dirigente do clube Boca Juniors, o maior da Argentina.

22 de novembro de 2015
por esmael
5 Comentários

PCdoB reconduz Gomyde, que pode disputar a Prefeitura de Curitiba

O diretório estadual do PCdoB reconduziu à presidência, neste domingo (22), Ricardo Gomyde, após realização de Conferência Estadual.

“É a primeira vez na história que prevaleceu a unidade no PCdoB”, comemorou Gomyde.

Dentre as resoluções partidárias, o PCdoB deu início ao processo de discussão candidaturas próprias tanto na majoritária quanto na proporcional sem, no entanto, perder a perspectiva de aliança em 2016.

Caso seja impossível aliança para 2016, Ricardo Gomyde poderá representar a legenda vermelha no ano que vem na disputa pela Prefeitura de Curitiba. Em 2008, ele já concorreu ao cargo.

Embora aposte nas candidaturas próprias, o PCdoB também abrirá conversas com aliados. Na capital, por exemplo, com PDT de Gustavo Fruet, PMDB de Requião Filho e PT de Tadeu Veneri. Todos eles se colocam como candidatos ao Palácio 29 de Março.

“Entretanto, estamos vendo com maus olhos essa possibilidade de confisco da Previdência municipal pelo prefeito Gustavo Fruet. O PCdoB é frontalmente contra”, declarou Messias Silva, conhecido como Obama das Araucárias, eleito hoje secretário estadual Sindical. Segundo ele, “o confisco nos afasta de uma composição”, adiantou.

Sobre a atual sindical do PCdoB, Messias Silva revelou que a meta é mobilizar os cerca 280 militantes comunistas nas estruturas sindicais do Paraná. “Nos dias 27 e 28, daremos início durante encontro nacional no Rio”.

22 de novembro de 2015
por esmael
7 Comentários

Estudantes definem semana que vem ocupação de escolas no Paraná

A paranaense Camila Lanes, presidente da UBES, está à frente do movimento contra fechamento de 94 escolas no estado de São Paulo; no fim de semana que vem, a União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES), além de eleger Mateus dos Santos, definirá estratégia em congresso estadual contra o fechamento de 150 escolas no Paraná e a lei da mordaça dos professores.

A paranaense Camila Lanes, presidente da UBES, está à frente do movimento contra fechamento de 94 escolas no estado de São Paulo; no fim de semana que vem, a União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES), além de eleger Mateus dos Santos, definirá estratégia em congresso estadual contra o fechamento de 150 escolas no Paraná e a lei da mordaça dos professores.

A União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES) realizará seu 52º Congresso nos próximos dias 28 e 29 de novembro, em Pontal do Paraná, Litoral do estado, onde a principal tarefa, além de eleger a nova diretoria, será planejar a ocupação das 2,1 mil escolas da rede pública que compõem o sistema estadual de ensino. Leia mais

22 de novembro de 2015
por esmael
3 Comentários

João Arruda estreia coluna na terça-feira aqui no Blog do Esmael

Deputado João Arruda, novo colunista do Blog do Esmael, vai escrever semanalmente, a partir desta terça-feira (24), sobre “Os bastidores do poder em Brasília” e, claro, sobre tudo que ocorre na política do Paraná; presença do parlamentar reforça caráter plural, suprapartidário e multidisciplinar do Blog do Esmael; ele se somará ao melhor time de colunistas políticos que a imprensa paranaense já teve; na foto, de abril, véspera do massacre do dia 29, Arruda se emociona ao visitar acampamento de professores no Centro Cívico, em Curitiba.

Deputado João Arruda, novo colunista do Blog do Esmael, vai escrever semanalmente, a partir desta terça-feira (24), sobre “Os bastidores do poder em Brasília” e, claro, sobre tudo que ocorre na política do Paraná; presença do parlamentar reforça caráter plural, suprapartidário e multidisciplinar do Blog do Esmael; ele se somará ao melhor time de colunistas políticos que a imprensa paranaense já teve; na foto, de abril, véspera do massacre do dia 29, Arruda se emociona ao visitar acampamento de professores no Centro Cívico, em Curitiba.

O deputado federal João Arruda (PMDB), coordenador da bancada paranaense no Congresso Nacional, será o novo colunista semanal no Blog do Esmael. Ele escreverá todas as terças-feiras, sempre após o meio dia. Leia mais

22 de novembro de 2015
por esmael
23 Comentários

Ação do MPF pode cassar 40 licenças de rádio e TV para congressistas

O Ministério Público Federal (MPF) questionou o descumprimento, pelos congressistas, do Art. 54 da Constituição Federal, que veda a eles a propriedade de “empresa concessionária de serviço público”, tais como radiodifusão (rádio e TV).

Segundo levantamento da Folha de S. Paulo, edição deste domingo (22), seriam 40 parlamentares — 32 deputados e 8 senadores — sócios de empresas de radiodifusão, ou seja, estariam cometendo ilícito.

A medida judicial do MPF não deixa de ser uma regulação da mídia, da propriedade, cuja iniciativa deveria ser do próprio legislador. Então, pela omissão, mais uma vez vai prevalecendo o Poder Judiciário. (Abaixo, confira os principais nomes).

A ação pode atingir nomes de peso, tais como os senadores Aécio Neves (MG), presidente do PSDB, Edison Lobão (PMDB-MA), José Agripino Maia (DEM-RN), Fernando Collor de Mello (PTB-AL), Jader Barbalho (PMDB-PA) e Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Na Câmara, nomes citados são de parlamentares como Sarney Filho (PV-MA), Beto Mansur (PRB-SP), Elcione Barbalho (PMDB-PA), ex-mulher de Jader, Rodrigo de Castro (PSDB-MG) e Rubens Bueno (PPS-PR).

22 de novembro de 2015
por esmael
18 Comentários

Polícia retira barracas de manifestantes pró-impeachment em frente ao Congresso Nacional

da Agência Brasil

Cerca de 15 barracas de manifestantes a favor do impeachment da presidenta Dilma Rousseff foram arrancadas do gramado imediatamente em frente ao Congresso Nacional, pela Polícia Legislativa. A polícia responsável pela segurança do Congresso tentou negociar com os acampados, mas, como não teve sucesso, retirou barracas e faixas, dispersando os manifestantes.

Em um ponto mais recuado do gramado, manifestantes de outro acampamento, que pediam a destituição do governo via intervenção militar, desarmaram as próprias barracas mas entraram em confronto com um grupo contrário, que chegou gritando as palavras de ordem “Não vai ter golpe”. A Polícia Militar do Distrito Federal, que tem jurisdição sobre a área, usou gás de pimenta para dispersar a briga. Após o confronto, os grupos se retiraram do local.

O grupo pró-intervenção militar é o mesmo que, na semana passada, se envolveu em uma confusão com integrantes da Marcha das Mulheres Negras. Um policial civil do Maranhão acampado com os manifestantes disparou quatro tiros para o alto e depois se entregou à polícia.  De acordo com outros acampados, os tiros se destinavam a dispersar um grupo de pessoas que agrediam uma jovem a favor da intervenção militar. Já as participantes da Marcha das Mulheres Negras disseram que algumas mulheres tentaram derrubar um boneco inflável que estava no acampamento.

Após o incidente, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, reuniu-se com os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros, e deu prazo até 19h de hoje (21) para que os acampados deixassem a Esplanada dos Ministérios. Mais cedo, alguns integrantes do acampamento pró-intervenção ainda resistiam à desocupação e diziam que só iriam embora mediante a apresentação d