Coluna do Marcelo Belinati: Nova droga contra o câncer, uma questão de sensibilidade humana e social

cancer

Em sua coluna semanal, o deputado federal Marcelo Belinati (PP) fala da fosfoetanolamina, uma nova droga que traz esperança aos pacientes de câncer. Uma forma artificial do composto foi criada por um pesquisador brasileiro, Dr. Gilberto Chierice, da USP, e seu uso vem trazendo bons resultados, inclusive de cura. Por isso, é grande a expectativa para que o medicamento seja testado e liberado para o uso em escala. Leia, ouça, comente e compartilhe. 

Download

Marcelo Belinati*

“Em primeiro lugar na nossa vida é Deus, a família e a saúde.”

Já ouviram essa frase? Pois é, ela é uma grande realidade. A saúde é nosso bem mais precioso…

Agora, imaginem vocês, algum familiar seu ou até mesmo você, com câncer e vem a notícia de uma substância que pode até levar à cura, mas que não é possível ter acesso a ela em razão de entraves burocráticos?

Entraves burocráticos? Ou talvez pressão de grandes laboratórios que perderiam seus lucros exorbitantes?

Isso é inaceitável!!!!

Qual seria seu sentimento? Revolta? Angústia? Decepção? Sofrimento?

É essa a triste realidade que milhares de brasileiros portadores de câncer e também seus familiares estão passando nesse exato momento…

Desde que o pesquisador, Dr. Gilberto Chierice, da USP, anunciou que a Fosfo é uma alternativa à cura do câncer, houve muito debate em torno deste tema.

A questão é a seguinte:

1) muitas pessoas que têm feito uso da Fosfo para combate do câncer têm tido bons resultados, inclusive com relatos de cura;

2) Apesar disso, não se tem ainda os estudos clínicos necessários para liberação do medicamento.

O que tem que ser feito então????

Fazer os estudos, poxa vida!!!!

É exatamente o que falamos para os representantes dos órgãos regulamentadores durante as audiências públicas no Senado e na Câmara.

As pessoas precisam de respostas, se a substância for eficaz no tratamento do câncer que seja liberada rapidamente. Se não for, que ao menos tenham acesso a essa informação.

A cobrança por parte da sociedade surtiu efeito e o governo anunciou a criação de um Grupo de Trabalho para apoiar as etapas de desenvolvimento clínico da Fosfoetanolamina (Portaria 1.767 de 29/10/2015).

O Grupo tem 60 dias para apresentar o relatório final das atividades.

Além disso, o Ministério da Ciência e Tecnologia anunciou que vai investir 10 milhões de reais nos estudos clínicos para comprovar se a substância Fosfoetanolamina é ou não eficaz no combate ao câncer.

Houve ainda o compromisso de se publicar um relatório a cada 3 meses, em um site específico, para que as pessoas possam acompanhar os desdobramentos dos estudos.

Pessoal, é um grande avanço, o primeiro passo para que se supere as etapas legais dos estudos, regulamentação e posterior liberação da Fosfoetanolamina, caso eles comprovem sua efetividade.

Estou acompanhando de perto e vou informando os leitores do blog, em primeira mão, os andamentos das pesquisas.

*Marcelo Belinati, médico e advogado londrinense, é deputado federal pelo PP do Paraná. Escreve nas sextas-feiras sobre “Política Sem Corrupção”.

12 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. ERRATA:
    Na penúltima linha: Condroitina.

  2. Existe um medicamento composto por Glicosamina e
    Condroitina, cujos nomes comerciais não citarei
    para evitar problemas, que custa os olhos da cara.
    Esse medicamente age nas cartilagens entre as juntas,
    e as preserva e até as recompõe, aliviando as dores
    e melhorando a mobilidade de portadores de artrose.
    No Brasil esses medicamentos são muito caros,
    porque a ANVISA registrou essa fórmula Glicosamina
    e Condroitina, como medicamento.
    Uma amiga da minha esposa trás para mim, dos USA,
    frascos com 270 comprimidos dessa fórmula, a um
    preço muito baixo, pois lá o produto é registrado
    como suplemento alimentar, e compensa comprar
    mesmo com o Dólar a 4 reais.
    Isso é conluio e corrupção da ANVISA com os
    laboratórios, sendo essa mais uma agência
    regulatória de merda, que se alia às empresas que
    deveria fiscalizar, e agem contra o povo e contra
    o País.
    Portanto, Marcelo Belinati, temos todo o direito de
    desconfiar dos laboratórios, nesta questão da
    fosfoetanolamina, sem que possam nos acusar de
    propagadores de teorias da conspiração.
    Pelo menos no Brasil…
    Ps:- Descobri em um pet, que existe ração pra
    cachorro e gatos velhinhos, adicionadas de
    glicosamina e gontroitina, para melhorar as suas
    atrites e artroses.

  3. Quem perdeu um ente querido para esta terrível doença, sabe que qualquer possibilidade deve ser estudada com máxima urgência!

  4. É isso mesmo, desburocratizar, seja pra essa substância ser descartada ou virar um medicamento, o importante é avançar as pesquisas.

  5. Falar do assunto é uma coisa, brigar para acabar coma burocracia e a malandragem dentro da ANVISA ninguém se interessa, o senhor chegou bem atrasado nesse assunto, já estamos a meses discutindo essa questão, fica um cheirinho de demagogia no ar, como diz o meu xara no post acima.

  6. Chega de político demagogo… Precisamos de gestor qualificado.

  7. A fosfoetanolamina é um composto químico e não um medicamento. Nem os estudo da pesquisa básica foram concluídos, então ainda é muito cedo para tratar tal substância como medicamento. E depois de concluída tal pequisa ainda tem as fases pré-clínica e clínica, esta última dividida em 4 etapas. Ou seja, até se tornar um medicamento vai levar um tempo (alguns anos).
    Para ajudar a esclarecer um pouco mais sobre o assunto sugiro os vídeos abaixo (interessante notar que na descrição dos mesmos se encontram diversos links úteis, que vão de notícias a artigos científicos):

    – A USP, o câncer, e a “cura”
    https://www.youtube.com/watch?v=L51NrrK1APQ

    – A USP e a Cura do Câncer (Fosfoetanolamina)
    https://www.youtube.com/watch?v=eY9OEBCv9ds

    – 13 respostas sobre a FOSFOETANOLAMINA
    https://www.youtube.com/watch?v=F7H0b7vMR4c

    – Fosfoetanolamina em 4 Pontos
    https://www.youtube.com/watch?v=DIrYirI6b8g

    – Esclarecimentos sobre a fosfoetanolamina (Dr Drauzio Varella)
    https://www.youtube.com/watch?v=o9dOi65pKMQ

    Att

    • Drauzio Varella, pau mandado da industria farmacêutica e da Rede Globo, eu sugiro que as pessoas entre no YOUTUBE e escrevam o termo FOSFOETANOLAMINA e vejam os relatos de centenas de pacientes que estão usando essa substancia, é muito emocionante, muitos já voltando ao trabalho, tem uns vídeos de uns babaca falando sobre a não liberação também, isso é normal, sempre haverá alguém puxando o saco do capitalismo para ver se sobra alguma boquinha.

  8. Prezado Marcelo Belinati PARABÉNS pela sua prova de HAMANIDADE,só quem está passando pelo problema ou tem um familiar sabe a importância desse novo medicamento, eu no caso tenho 3 pessoas da família enfrentando essa maldição. Obrigada mais uma vez
    Nadir

  9. Ola Marcelo! Parabéns pela matéria, mas vc poderia usar este espaço para justificar o seu recente voto contra o veto da Dilma contra aquele aumento absurdo ao judiciário.
    Rapaz, se o veto fosse derrubado aí ia estourar de vez a economia do país.
    Eu sei que tá na moda votar contra a Dilma, mas o voto tem que ser responsável, especialmente quando põe em risco toda a coletividade.

    Abraço.

  10. Há vários relatos de pessoas que dizem ter melhorado com o uso deste medicamento da USP. Mas, em São Paulo, o governador Alckmin recorreu à Justiça para proibir a distribuição desta droga contra o câncer. Na visão do tucano, melhor o doente morrer do que usar um medicamento não legalizado. Isto é um absurdo. E mais absurdo ainda é saber que a Justiça resolveu suspender a distribuição deste medicamento BARATO, enquanto costuma obrigar o governo a importar medicamentos extremamente CAROS contra o câncer.