5 de novembro de 2015
por Esmael Morais
39 Comentários

Lula manda recado a golpistas: “Eu posso ser candidato outra vez”

do Brasil 247

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu que pode ser candidato à presidência da República novamente em 2018. “Eu posso ser candidato outra vez”, declarou ao jornalista Kennedy Alencar, em entrevista que será veiculada pelo Jornal do SBT nesta quinta-feira (5), às 19h45.

A informação sobre a possibilidade de Lula disputar a presidência nas próximas eleições foi postada por Kennedy Alencar em seu perfil no Twitter. Segundo ele, Lula também fala, na entrevista, de “equívocos” do governo da sua sucessora, a presidente Dilma Rousseff.

E sobre os desdobramentos das operações Zelotes e Lava Jato, que envolveram os nomes de seus filhos e até de uma nora nas investigações. Lula responde, ainda, a críticas feitas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Leia mais

5 de novembro de 2015
por Esmael Morais
20 Comentários

‘Custo Beto Richa’ também espanta a Bosch, que se manda para Índia. O melhor está por vir?

O gerente de recursos humanos da Bosch Curitiba, Duilo Damaso, em entrevista ao jornal Gazeta do Povo, edição desta quinta-feira (5), afirmou que um dos motivos da empresa se transferir para a Índia, no continente asiático, são os custos da produção “em especial no Paraná”.

“Mas é fato que os custos de produção no Brasil, e em especial no Paraná, sofreram acréscimos nos últimos anos muito acima do resto do mundo”, disse o gerente ao repórter Fernando Jasper. A Bosch deverá perder a produção da bomba injetora VE para os indianos.

O ‘custo Beto Richa’ há tempos já é debatido no âmbito da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), por exemplo. Esse custo é recheado com pedágio, tarifas de água e luz, ICMS, dentre outros impostos elevados pelo governador tucano.

Ainda de acordo com a reportagem da Gazeta, em setembro último, a Bosch fechou a subsidiária Metapar na capital paranaense, que fabricava peças usinadas para bombas injetoras a diesel. O encerramento custou 145 postos de trabalho.

Resta na planta da Bosch, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), cerca de 2 mil funcionários. Em 2011, eram 4,6 mil postos de trabalho.

Há exatamente um ano, o metalúrgico Nelsão de Souza, presidente da Força Sindical do Paraná, acusou o governador Beto Richa de “espantar” empresas do estado. Na época, a Gerdau anunciou que fecharia as portas depois de 43 anos de atividades. Foram sacrificados mais 400 empregos.

Os trabalhadores paranaenses perguntam a Beto Richa: “O melhor está por vir?”

Promotores do Gaeco, braço policial do Ministério Pública, desconfiam que o Paraná só é competitivo para o Nakano e Luiz Abi.

Leia mais

5 de novembro de 2015
por Esmael Morais
34 Comentários

Agora vai. Francischini, o Batman, se une a Cunha, o Coringa, pelo impeachment de Dilma

batman_coringaO deputado Fernando Francischini (SD-PR), conhecido como Batman, uniu forças com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), conhecido como Coringa, para tentar o impeachment da presidenta da República Dilma Rousseff (PT).

Percebendo que há mais voto para a cassação de Coringa, isto é, do presidente da Câmara do que Dilma, Francischini, o Batman, recorreu nesta quinta-feira (5) ao príncipe do Japão Akishino. Leia mais

5 de novembro de 2015
por Esmael Morais
14 Comentários

Lei do Direito de Resposta dá ‘dor de barriga’ na velha mídia

O direito de resposta, tal qual aprovado ontem, dá dor de barriga na velha mídia porque é um passo essencial para quebrar o monopólio da verdade; projeto do senador Roberto Requião (PMDB-PR), aprovado ontem (4), significa um ensaio geral para o Estado instituir a tão desejada regulação da mídia.

O direito de resposta, tal qual aprovado ontem, dá dor de barriga na velha mídia porque é um passo essencial para quebrar o monopólio da verdade; projeto do senador Roberto Requião (PMDB-PR), aprovado ontem (4), significa um ensaio geral para o Estado instituir a tão desejada regulação da mídia.

A velha mídia quer o monopólio da opinião, por isso se coloca contra o direito de resposta automático a ofendidos. A lei aprovada na noite de ontem (4), de autoria do senador Roberto Requião (PMDB-PR), é importante não só para o exercício do contraditório como também fundamental para evitar a judicialização e a interdição do debate democrático. ... 

Leia mais

5 de novembro de 2015
por Esmael Morais
2 Comentários

Gleisi lidera luta pela ampliação da participação das mulheres na política

gleisi_politicaA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) participará de uma audiência pública em Curitiba, nesta sexta-feira (6), às 9 horas, no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná, sobre a campanha “Mais Mulheres na Política, a Reforma que o Brasil Precisa”. O evento tem o apoio do Blog do Esmael.

O encontro de amanhã tem como objetivo apoiar a aprovação da PEC 134/2015, que estabelece reserva mínima de vagas para as mulheres nas próximas três legislaturas, começando com 10% do total de cadeiras, ampliando para 12% e, por fim, para 16%, na terceira eleição após a aprovação da matéria.

Se aprovada a Emenda Constitucional, a medida seria válida para o Senado, Câmara dos Deputados, assembleias legislativas e câmaras de vereadores de todo o país.

“Estamos em um momento muito favorável de apoio à PEC da Mulher, já aprovada em dois turnos pelo plenário do Senado e que já foi encaminhada à Câmara dos Deputados”, relatou a senadora Gleisi Hoffmann. Leia mais

5 de novembro de 2015
por admin
14 Comentários

Coluna do Requião Filho: Audiência Pública para debater e modernizar a Polícia Militar do Paraná

Download

Requião Filho*

Há muitos e muitos anos, houve no Brasil uma Polícia Militar que seguiu rigorosamente a força bruta de um Regimento Disciplinar do Exército que dirigia o comportamento de todos os militares.

O tempo passou, as dificuldades mudaram, o conceito de democracia se tornou mais presente em nossa sociedade, porém, no Paraná nunca se abriu qualquer possibilidade de debate público sobre a mudança destas normas e o aprimoramento das mesmas.

Mudaram as regras do país, mudaram os conceitos de família, religião, educação e a segurança pública ficou esquecida… lá no fundo do Baú, querendo reger até hoje tudo aquilo que com o tempo se modificou.

É hora de falar sobre o assunto. Não dá mais para esperar! Marquei para o próximo dia 12 de novembro uma Audiência Pública para debater um novo Regimento, para atender às demandas dos militares e, por consequência, da sociedade paranaense.

O que todos esperam sair ganhando é com maior oportunidade de diálogo, sem mordaças, sem punições extremas por motivos fúteis, ínfimos, que já não fazem mais sentido para os dias atuais.

É preciso encontrar saídas modernas, que respeitem a corporação, independentemente do posto ocupado dentro da hierarquia, pois o praça, tal qual o cidadão na sociedade como um todo, também tem o direito de ser ouvido por seu superior, com respeito e atenção.

Entretanto, há grandes dificuldades no atual governo estadual que talvez impeçam este tipo de atitude revolucionária. Afinal, playboy não gosta de polícia, a não ser que seja em seu próprio benefício.

A PM Paraná sofre com a falta de atenção, pois só é lembrada na hora de bater em professor. A academia do Guatupê está esquecida. Grandes profissionais já se formaram lá, orgulhos da corporação.

Porém, hoje… estão sem chão, envergonhados com tamanho descaso. Concursados não são chamados! Mentiras e mais mentiras são vendidas em lindas propagandas, enquanto a PM Paraná segue sucateada e sem condições de realizar um bom trabalho.

Os profissionais que integram este time defensor do Paraná são dignos de louvor, pois todos os dias trabalham sem condições de equipamentos e não tem garantida sua própria segurança. Estão à mercê da emergente crimin Leia mais