Parente do governador Beto Richa pode voltar para o xilindró no Paraná

Publicado em 20 outubro, 2015
Compartilhe agora!

abi_richaO lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), corre o risco de voltar para a cadeia no Paraná. Nesta semana, retornou à ativa uma ação penal contra o parente do tucano investigado pela Operação Voldemort.

No início de agosto, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) havia suspendido liminarmente a Voldemort a pedido de Abi. Ele alegava que a secretária da Administração, Mãe Dinah, que tem foro privilegiado, teria sido investigada pelo Gaeco.

O desembargador Renato Lopes de Paiva, do TJPR, desconsiderou esse argumento e remeteu o processo para o juiz Juliano Nanuncio, da 3.ª Vara Criminal de Londrina.

Abi foi preso pela Voldemort em março e pela Operação Publicano, que investiga propina na Receita Estadual, em junho deste ano.

O Gaeco também cassou um habeas corpus concedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em favor dos auditores fiscais Orlando Aranda, Íris Mendes de Silva e Cláudio Tosatto. Com isso, eles começara a retornar à Penitenciária Estadual de Londrina (PEL).

Compartilhe agora!

Comments are closed.