Parecer da Câmara será favorável a impeachment de Dilma Rousseff

do Brasil 247, via Reuters

cunha_dilmaO presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse a aliados nesta terça-feira que já está quase pronto um parecer da área técnica da Casa, recomendando que seja aceito o pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff formulado por juristas e apoiado pela oposição, segundo duas fontes consultadas pela Reuters.

De acordo com uma dessas fontes, o presidente da Câmara “deu a entender”, ainda, que poderá acatar o parecer caso o Ministério Público peça o seu afastamento do cargo. Cunha não tem a obrigação de seguir a recomendação da área técnica.

O deputado é alvo de uma denúncia e de um inquérito apresentado pelo Ministério Público Federal ao Supremo Tribunal Federal. Na denúncia o MPF acusou o deputado de ter recebido ao menos 5 milhões de dólares em propinas do esquema de corrupção na Petrobras, o que Cunha nega.

Segundo as duas fontes que pediram anonimato, o parecer sobre o impeachment é favorável à petição formulada por Hélio Bicudo e Miguel Reale Jr., com base em decretos de suplementação orçamentária editados pelo governo sem submetê-los ao Congresso Nacional.

A Secretaria-Geral da Mesa da Câmara não confirmou a informação à Reuters e disse que os estudos sobre a peça, de mais de 3 mil páginas, ainda não foram concluídos.

Mais cedo, o presidente da Câmara havia dito a jornalistas que a baixa popularidade de Dilma não representa motivo para a abertura de um processo de impeachment, assim como já declarou que as manobras fiscais condenadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), as chamadas “pedaladas”, também não configurariam um argumento suficiente por si só para um impedimento de Dilma.

Além de incluir a recomendação do TCU pela rejeição das contas do governo do ano passado e denúncia do Ministério Público junto ao TCU de que as manobras teriam continuado em 2015, o pedido de impeachment redigido por Bicudo e Reale Jr. elenca decretos de liberação de verbas assinados pelo governo federal que não passaram pelo Congresso Nacional.

11 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O Cunha é do PMDB, e qual partido do Temer, vice da Dilma? PMDB, fazer alianças nada idôneas tem esta consequência e nada é a toa, porém tem pessoas alienadas ou ignorantes certas de caso a Dilma saia da presidência do dia para a noite, mas isso não acontece, tem todo um processo e caso positivo de golpe, pois soa como tal devido pressões da “oposição” corrupta apoiada por indignados seletivos da classe média mal caráter, estruturados por uma imprensa mercenária e bancados por interesses internacionais bem longe das expectativas do povo brasileiro. Sai Dilma, assume Temer, contrário quem vai abocanhar é o Cunha, porém devido suas contas na Suíça e ser notícia em outros países, menos no Brasil, pois é blindado, vem o Calheiros, impossibilitado é o Lewandowski ou então no último recurso votação na câmara dos deputados com candidato escolhido por eles, está na Constituição é só checar. Ficar na ilusão de quem escolherá é o povo, doce ilusão… E não veremos país nenhum, caso o CUnha assuma.

  2. Cada povo tem o governo que merece…quem se acovarda aceita ser governado pelos “MAUS” (Platão).

  3. A Dilma virou ‘boi de piranha’ do Congresso. Sacrificar uma res para salvar a boiada? Se existisse coerencia neste pais, a limpeza deveria começar pelos deputados e senadores. Não se salva um. Viva a Democracia.

  4. Dilma não renuncia por pura teimosia.
    Apesar da retórica ensaiada, ela não sabe o que fazer
    para recolocar o país nos trilhos, e muito menos para
    fazê-lo andar.
    Mesmo que a CPMF fosse aprovada hoje, o dinheiro todo
    chegaria apenas o pagamento das dívidas interna e
    externa.
    Ela tá vendendo o almoço para comprar a janta.

    • Dilma não renuncia por que não tem nada a temer e não renuncia por que teve 55 milhões de votos e tem que respeita-los. O meu voto não retiro e quero que ela vá até o fim já que foi eleita com ele também.

  5. Ah agora que vejo claras mudanças para o Brasil…
    A direita querendo que o Brasil continue o que sempre foi…

  6. Parecer da “área técnica” … tá bom. Fossem realmente técnicos dariam parecer de rasgar o pedido. Enfia lá. Canalhice pura.

  7. Agora apareceu a versão de que existem dois pareceres: um favor, outro contra o impeachment da presidente eleita democraticamente. Na verdade, o Cunha, graças ao cargo que conseguiu com a o apoio do PSDB e DEM, está fazendo chantagem vergonhosa na defesa de seu mandato (de presidente e deputado). E o cara ainda se anuncia evangélico… E o PSDB e DEM ainda se anunciam inimigos de corruptos…

    • Você esqueceu que o PT também o apoiou e apóia. Cunha é produto desse modelo político vencido. Em qualquer lugar sério, já estaria fora. Aqui, apesar da gravidade das denúncias, fica no cargo, atrapalhando o país. É difícil achar um que fale sobre ele de forma mais contundente. Nosso congresso, de fato, é um balcão de negócios da pior espécie.

      • Tu tá em Miami com os anticastristas e não tá sabendo de nada. O PT não apoiou o Cunha e como poderia apoiar um corrupto que, dia e noite, conspira com o PSDB, DEM, Paulinho da Força (a ficha corrida deste também é grande), Gilmar Mendes e assemelhados pra derrubar uma presidente eleita democraticamente? Na eleição pra Câmara o PT teve candidato próprio. Compa, no pedido de afastamento de Cunha feito pelo PSOL tinha mais assinaturas de petistas e nenhuma assinatura do PSDB. Meu amigo, quem mantém Cunha no poder é o PSDB, o DEM, o PPS e a bancada do próprio Cunha.

    • Não bastaria a receita chamá-lo é pedir explicações sobre seu patrimônio? Acredito que ele sairia preso e não conseguiria explicar ao menos um dos Porsches que tem.