Com medo da mobilização e da bruxaria, Beto Richa desiste de fechar escolas (por enquanto)

recuobetoO governador Beto Richa (PSDB) “afrouxou a tanga” e desistiu de fechar escolas e turmas escolares. Pelo menos por enquanto…

A decisão publicada em seu perfil no Facebook mostra que Richa sentiu a força da mobilização dos professores e das comunidades escolares. Há quem diga que o governador também resolveu recuar temendo os efeitos da mandinga feita pelo bruxo Chik Jeitoso contra o fechamento das escolas.

Mas os educadores e as comunidades precisam ficar vigilantes. A intenção de fechar escolas é parte de um plano nacional dos governadores do PSDB e aliados de centro-direita para desmontar a educação pública nos estados, apostando na terceirização e no fim da carreira do magistério. Beto Richa, inclusive, comanda um grupo de governadores no WhatsApp que debate essas maldades.

O mesmo plano de fechamento de escolas do qual Richa desiste momentaneamente está a todo vapor em São Paulo, governada pelo correligionário tucano Geraldo Alckmin. Diz o ditado que o fruto não cai muito longe da árvore…

Leia a seguir a íntegra da mensagem postada por Beto Richa:

“Determinei há pouco a suspensão de qualquer medida que esteja em curso na Secretaria da Educação e que implique no fechamento de escolas ou colégios estaduais. A decisão foi tomada em uma reunião com a secretária Ana Seres, da Educação.”

“Com isso, estão cancelados os estudos de reestruturação que incluíam principalmente imóveis alugados. Determinei também que sejam retomados os critérios utilizados nos últimos anos para o planejamento e ensalamento de estudantes que vierem a ser matriculados para o ano letivo de 2016.”

Comentários encerrados.