Por Esmael Morais

Coluna do Jorge Bernardi: “Richa e Fruet, mirem-se em Dilma cortando órgãos e comissionados”

Publicado em 10/10/2015

E o governador do Paraná o que tem feito para enfrentar a crise e moralizar a administração pública? Até agora só se viu o aumento de impostos. O Paraná nos últimos meses tem tido os maiores índices de inflação do Brasil, acima de 12% ao ano contra a média nacional de 9%. Enquanto os paranaenses contribuem com R$ 18 reais de tributos a mais, o governo do estado economiza apenas R$ 1 real.

E o prefeito de Curitiba, o que fez? Nada também. Possui mais de 300 comissionados na Secretaria de Governo que geram uma despesa anual de cerca de R$ 40 milhões de reais, que não estão na estrutura administrativa da Prefeitura e podem ser extintos. Boa parte das 32 secretariais e órgãos de primeiro escalão se forem cortados, não farão falta.

Se medidas administrativas forem tomadas, Curitiba vai economizar R$ 50 milhões por ano, R$ 500 milhões numa década. Este dinheiro poderá ser investido em infraestrutura, segurança, saúde e educação. As medidas são simples. Cortar gasto desnecessário, gastar menos do que arrecada e só gastar depois de arrecadar. Infelizmente o governador e prefeito não parecem estão dispostos a se inspirar no exemplo da presidenta.

*Jorge Bernardi, vereador de Curitiba pelo PDT, é advogado e jornalista. Mestre e doutorando em gestão urbana, ele escreve aos sábados no Blog do Esmael.