70 mil gritam ‘Fora Beto Richa’ em evento da UGT; assista ao vídeo

Ugt_cidaA vice-governadora Cida Borghetti (PROS) na semana que esteve interina no cargo foi a grande estrela, domingo (25), em Curitiba, do evento comemorativo do “Outubro Rosa” promovido pela União Geral dos Trabalhadores (UGT), seção Paraná.

A entidade presidida pelo sindicalista Paulo Rossi aceitou o desafio de transformar a vice-governadora na nova “Evita Perón das Araucárias”, ou seja, a “Mãe dos Pobres”. Para isso, Cida distribuiu até carro zero km na festividade de combate ao câncer.

O diabo é que o evento da UGT causou ciumeira danada no Palácio Iguaçu. Principalmente quando 70 mil pessoas entoaram “Fora Beto Richa”, em plena Boca Maldita, no exato momento em que Cida Borghetti era chamada ao palco.

Para azedar ainda mais o leite, sabe-se que a primeira-dama Fernanda Richa, secretária da Família, promoverá corte de R$ 12 milhões — ou 40% do orçamento — destinado ao combate à pobreza em 150 municípios do estado no ano de 2016. Tudo para fazer caixa para o maridão Beto Richa (PSDB).

Fernanda Richa era a “queridinha” na UGT, mas, pelo jeito, perdeu a vez para Cida Borghetti – a nova “musa dos trabalhadores”.

Para os palacianos, em apenas 4 dias de interinidade no governo do estado, a vice-governadora fez “muito mais” que Beto Richa em quatro anos (quase cinco) de governo.

Assista ao vídeo:

Comentários encerrados.