21 de outubro de 2015
por admin
3 Comentários

Folha de S. Paulo tenta incriminar Paulo Bernardo em delação premiada que não aconteceu

bernardoO jornal Folha de São Paulo publicou uma matéria hoje (21) com uma suposta delação premiada de um advogado e ex-vereador pelo PT de Americana (SP), Alexandre Romano. Segundo a matéria, Alexandre repassava propina oriunda de contratos do Ministério do Planejamento ao ex-ministro Paulo Bernardo (PT) e ao ex-tesoureiro do PT, João Vaccari. ... 

Leia mais

21 de outubro de 2015
por admin
27 Comentários

‘Amigos do Beto’ terão jantar com convite a mil reais por pessoa

amigosO PSDB do Paraná reunirá na próxima segunda-feira, dia 26, os ‘Amigos do Beto’ em um jantar no Restaurante Madalosso em Curitiba. Deve ser fácil tem uma porção de amigos para se organizar um jantar quando se tem a caneta de governador do Estado, distribuindo cargos e benesses. ... 

Leia mais

21 de outubro de 2015
por admin
1 Comentário

UGT realiza “Outubro Rosa – Mulher ComVida” neste domingo em Curitiba

rosa

A União Geral dos Trabalhadores (UGT) realiza neste domingo (25) em Curitiba o “Outubro Rosa – Mulher ComVida” para chamar a atenção da população paranaense para o universo da saúde da mulher.

O evento será na Praça Osório (Boca Maldita) a partir das 9 horas da manhã. Diversos órgãos públicos e entidades assistenciais oferecerão serviços e prestando atendimento às mulheres e a população em geral.

A Secretaria Estadual da Saúde ofertará testes rápidos e orientações de saúde e o Sine fará o “Mutirão de Empregos”, ofertando mais de duas mil vagas. A Secretaria Municipal da Mulher também estará presente, com campanhas contra a violência doméstica, assédio sexual e a campanha “Busão sem Abuso”, voltada ao transporte coletivo.

À partir das 13 horas, haverá o “show musical e o show de prêmios”, com bandas regionais e o encerramento com a dupla sertaneja nacional “Marcos & Belutti”. Serão sorteados 2 carros e 5 motos zero km, além de diversos prêmios. Leia mais

21 de outubro de 2015
por admin
23 Comentários

Lula lidera pesquisa em Alagoas na frente de Marina, Alckmin e Ciro

alagoasNo mais provável cenário da disputa presidencial em 2018, o o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está na frente no estado de Alagoas. Os números são da Paraná Pesquisas, que sondou 1252 eleitores de 32 municípios entre os dias 15 e 19 de outubro.

Segundo o instituto, Lula lidera com 26,8% das intenções de voto seguido da ex-senadora Marina Silva (Rede), com 24,7%. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) aparece em terceiro lugar com 18,5% e em quarto, Ciro Gomes (PDT) com 6,5%.

Num cenário com o senador mineiro Aécio Neves (PSDB) na disputa, o que é improvável, este tem a liderança com 33,3%. Lula tem 25,8% e Marina fica em terceiro com 17,2%. Em quarto, novamente Ciro com 5,2%. A margem de erro é de 3%. Leia mais

21 de outubro de 2015
por admin
18 Comentários

‘Vem pra rua’ se abraça a Eduardo Cunha para combater a corrupção(!)

ruaDepois da série de denúncias que pesam contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a manchete acima soa como um disparate, mas é o que está acontecendo. O movimento ‘Vem pra rua‘ aposta suas fichas em Cunha para que ele conduza o processo de impeachment e conclua o golpe paraguaio ainda este ano.

#NatalsemDilma é o mote das manifestações programadas para dezesseis cidades pelo País. Começaram na segunda-feira (19) e seguem até o dia 26 deste mês. Em Curitiba, a manifestação foi convocada para esta quinta-feira (22) na Praça Santos Andrade. Até agora, 142 pessoas confirmaram presença.

A julgar pelo público das primeiras manifestações, a nova tentativa de pressionar pelo golpe será um fracasso. Em São Paulo, maior cidade do País, somente cerca de mil pessoas participaram do ato. Leia mais

21 de outubro de 2015
por Esmael Morais
20 Comentários

Garganta Profunda de Londrina: Beto Richa tem “bala de prata” para Curitiba

O governador espera recuperar rapidamente a popularidade perdida após o massacre de professores no dia 29 de abril. Conhecido como “Carniceiro do Centro Cívico”, Beto Richa espera revigorar-se nos próximos meses para ficar com a primeira vaga do Senado em 2018.

O tucano sabe que o caminho não será nada fácil, embora os luas pretas palacianos, para agradar o chefe, digam que o Ibope dele é o maior do país. Ironia à parte, marqueteiros pagos a peso de ouro estimam 55% de popularidade de Richa em janeiro de 2016.

Um dos motores para a recuperação da imagem seria o dinheiro em caixa arrecadado a fórceps, ou seja, com a aprovação pela Assembleia Legislativa dos quatro últimos pacotes de maldade (confisco de poupança previdenciária, aumento ICMS, IPVA, impostos sobre heranças, arrocho salarial de servidores públicos, etc.).

O governador sabe que sem Curitiba ele não vai a lugar algum. Por isso, o tucano estaria preparando uma “bala de prata” para retomar terreno eleitoral na capital paranaense. O disparo poderá ser feito após o Carnaval e o estrago nos adversários, segundo se ouve na antessala de Beto Richa, “seria tão desconcertante que os faria perder até o rumo de casa”.

Ficarei de orelhas em pé, na chegada de Beto, para ouvir mais detalhes deste plano diabólico de “dominar o mundo” em cem dias. Dou notícias em breve.

Garganta Profunda de Londrina.

Leia mais

21 de outubro de 2015
por admin
18 Comentários

‘Bancada do Camburão’ barra fiscalização aos pedágios

pedagioA base de apoio ao governador Beto Richa (PSDB) na Assembleia, a chamada ‘Bancada do Camburão’, rejeitou nesta terça-feira, por 27 votos a 19, o ‘pedagiômetro’ proposto pelo deputado Tercílio Turini (PPS).

A proposta de Turini instituía controle em tempo real do número de veículos e do total arrecadado nas praças de pedágio das rodovias do Paraná. Segundo o deputado, o governo do estado e a população não têm nenhum controle sobre quanto as concessionárias arrecadam. O governo se contenta com os números apresentados pelas próprias concessionárias.

Para disfarçar, o líder do governo na Alep, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), apresentou outro projeto para criação de um controle do fluxo de veículos nas praças de pedágio.

Mas o projeto governista não obriga a divulgação dos dados em tempo real nem a disponibilização dos números apurados para a sociedade. Ou seja, é para fazer de conta que vão fiscalizar. Leia mais

21 de outubro de 2015
por admin
Comentários desativados em Bancários rejeitam proposta da Fenaban e greve nos bancos continua

Bancários rejeitam proposta da Fenaban e greve nos bancos continua

bancosA Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) apresentou a proposta de 7,5% de reajuste salarial ao comando nacional da greve dos bancários em negociação ontem, em São Paulo. A proposta foi prontamente rejeitada pelos trabalhadores que reivindicam o reajuste de 16%, e vão continuar em greve.

Roberto von der Osten, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro da CUT (Contraf-CUT) e um dos coordenadores do Comando, reforçou que a categoria não aceita redução de salários.

“Sobre o ponto de vista da esperança que os bancários e as bancárias tinham de que hoje os banqueiros iam começar um debate do ganho real, foi frustrante. Hoje, apresentaram uma proposta de reajuste de 7,5%, que representa uma redução de salário. Nós avisamos para eles, nós não estamos aqui para discutir redução de salário”, explicou.

Para Roberto, a retomada da negociação foi positiva. “Demonstra uma vontade de acertar uma campanha que seja boa para os dois lados. Esperamos que os banqueiros realinhem sua posição e tragam para a gente uma proposta, que seja reposição da inflação mais um ganho real. É isso que esperamos ouvir amanhã”, disse. As negociações continuam nesta quarta-feira (21). Leia mais

21 de outubro de 2015
por admin
11 Comentários

Coluna do Rafael Greca: Curitiba sem botão de socorro

Download

Rafael Greca*

Na noite da última sexta, 16, ferviam os bares e fervilhavam as ruas do Batel. As calçadas da Vicente Machado, Carlos de Carvalho e praça da Espanha estavam em superlotação. Noite amena, 18º C, sem chuva. No ar, a doce expectativa da paixão, para muitos jovens a única diversão possível na crônica falta de um lazer orientador.

Olhando pela janela, o bairro parecia vivo, alto astral, ponto de encontro gerador de ânimo, anima e renda, um local por certo merecedor de atenção e que deveria estar cercado de cuidados e muito bem protegido, como deve acontecer em pontos de concentração.

Contudo, no começo da madrugada sobreveio a tragédia: um aziago tiroteio.

Na ex-alameda Taunay, entre a Vicente Machado e a Carlos de Carvalho, tombou Mateus Godoy Bueno, de apenas 16 anos, alvejado por 4 tiros. Foi supostamente executado por traficantes.

O jovem chacinado tombou embaixo de um outdoor com uma foto da “Tour Eiffel” de Paris, cena que nos remeteu às viagens internacionais do nosso governador Beto Richa, fora do Paraná há 10 dias.

Apenas a mãe chorou pela vida abreviada do filho assassinado. Triste. Outros dois jovens, personagem do mesmo trágico acerto de contas, foram recolhidos ao Evangélico, com gravíssimos ferimentos. Lamentável.

A sensação de insegurança não impera apenas no cobiçado Batel. A insegurança pública está generalizada, distribuindo o horror e a dor também em outros pontos de Curitiba.

Como no Tarumã, onde outro jovem, Dionatan Henrique Peruzzo, de 19 anos, tombou morto a tiros, ao amanhecer de sábado, na saída da balada country Victória Villa.

Como no Sambaqui, entre o Bairro Novo e Vila Osternack, onde o taxista William Felipe Cardoso, de 23 anos e apenas três meses na praça tombou esfaqueado nas costas, no pescoço e no abdômen, no último domingo.

Estamos vivendo dentro uma série de terror?

A Polícia, ou o que sobrou da Polícia, apareceu apenas para fazer o B.O…

Digo “o que sobrou da Polícia”, porque sabemos que o Paraná tem o 2º menor número de PMs por Habitante no Brasil: 1 PM para cada 630 paranaenses — abaixo da média nacional de 1 PM para cada 473 habitantes.

No Brasil, o Paraná está em penúltimo lugar no número de efetivo policial por h Leia mais

21 de outubro de 2015
por admin
5 Comentários

Coluna do Alvaro Dias: A morte dos “jabutis” no Congresso

Download

Alvaro Dias*

Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal decidiu que o Congresso Nacional não poderá mais acolher assuntos alheios ao tema de uma medida provisória, os chamados “jabutis”. Essa é uma reivindicação antiga da oposição, e o posicionamento dos ministros do STF merece os nossos aplausos.

Os “jabutis”, ou penduricalhos, sempre foram vistos como uma vitória de lobistas que, na última hora, arregimentavam apoio para enxertar nas MPs temas absurdamente desconexos, mas que, dada a importância do assunto principal da medida provisória, acabavam sendo aprovados no bolo.

Quantas vezes nós subimos à tribuna para denunciar essa prática desonesta? Inúmeras. Mas, infelizmente, acabávamos sendo derrotados pelo prazo, a fim de evitar que a medida provisória retornasse à Câmara dos Deputados.

Os “jabutis” contribuíram para desmoralizar ainda mais a prática useira e vezeira do governo de editar medidas provisórias em número recorde, e em descumprimento aos princípios constitucionais de urgência e relevância.

Com o sinal verde de boa parte do Congresso, as MPs viraram porta de entrada para o contrabando, com infiltrações de dispositivos nem sempre republicanos e que nem sempre atendiam aos interesses maiores da população brasileira. Prática essa que, agora, o Supremo Tribunal Federal decreta a sua inconstitucionalidade.

Um exemplo desse absurdo é a medida provisória que trata do Regime Diferenciado de Contratação. Ela chegou ao Congresso com dois artigos e foi alimentada com vários dispositivos sem nenhuma conexão com o RDC, se transformando em um Frankenstein com doze páginas.

Discordamos desse procedimento porque ele sempre foi uma peça de engrenagem do balcão de negócios, beneficiando lobistas que se utilizavam da esperteza e da troca de favores para obter vantagens em inúmeras medidas provisórias aprovadas no Congresso Nacional. Outros setores cuja organização é precária jamais teriam a força para impor os seus interesses através de alterações, de dispositivos acrescentados às medidas provisórias.

A decisão do STF é uma providência moralizadora. Espero que na esteira desse posicionamento fundamental, possamos discutir, debater e rejeitar medidas provisórias que contrariam a Constituição do País.

*Alvaro Dias é senador pelo PSDB e líder da Oposição no Senado Federal. Ele escreve nas quartas-feiras para o Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo