1 de outubro de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Dilma acomoda PT, PMDB e PDT e conclui reforma

por Tereza Cruvinel, via Brasil 247

dilma_reformaA presidente Dilma Rousseff concluiu agora à noite a reforma ministerial que anunciará amanhã cedo em solenidade com os novos ministros. O atual secretário-geral da Presidência, Miguel Rossetto, da corrente Democracia Socialista do PT, vai comandar a pasta de Trabalho e Previdência, que foram fundidas. Tereza Campelo, entretanto, continuará comandando Desenvolvimento Social. Outra novidade é a ida da deputada Benedita da Silva para Cidadania (fusão das secretarias de Mulher, Direitos Humanos e igualdade Racial) destronando Moema Gramacho, que já estava praticamente escolhida. Patrus Ananias fica em Desenvolvimento Agrário e com isso Dilma evita uma briga com o MST. Leia mais

1 de outubro de 2015
por Esmael Morais
2 Comentários

Bancários de Curitiba aprovam greve

Com informações do Sindicato dos Bancários

elias_bancariosO Sindicato dos Bancários de Curitiba e região, na noite desta quinta-feira, 1º de outubro, em assembleia, aprovou indicativo de greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira (6).

A categoria volta a se reunir em assembleia no dia 5 de outubro, contudo, a greve só poderá ser suspensa caso a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) retome as negociações com a apresentação de uma nova proposta.

Na semana passada, os banqueiros rejeitaram reajuste de 5,5% mais abono de R$ 2.500. Leia mais

1 de outubro de 2015
por Esmael Morais
5 Comentários

PSDB mira Lula e afrouxa para Cunha

do Brasil 247

psdb_lulaO PSDB de Aécio Neves definitivamente se recusa a se manifestar contra as denúncias que envolvem o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aliado principal da oposição no movimento pelo golpe, que tenta tirar a presidente Dilma Rousseff do poder antes das eleições de 2018.

Nesta quinta-feira 1º, o líder tucano na Câmara, deputado Carlos Sampaio (SP), agiu prontamente como capitão da moral a favor da investigação de uma denúncia contra o ex-presidente Lula. Leia mais

1 de outubro de 2015
por Esmael Morais
33 Comentários

Requião pede retomada do “Caso Banestado”, maior escândalo de corrupção no Brasil

banestadoO senador Roberto Requião (PMDB), em discurso no Senado nesta quarta-feira (30), relembrou chamado “Caso Banestado”, tido como o maior escândalo de corrupção da história do Brasil. ... 

Leia mais

1 de outubro de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Fiep-Paraná Pesquisas: 73% dos eleitores reprovam Beto Richa

O governo Beto Richa (PSDB) é desaprovado por 73% dos eleitores, segundo levantamento da Paraná Pesquisas encomendado pela Federação das Indústrias do Paraná (Fiep).

A sondagem Fiep-Paraná Pesquisas, realizada entre os dias 22 e 27 de setembro, entrevistou 2.515 pessoas de todas as regiões do estado e tem uma margem de erro de dois pontos percentuais.

A presidenta Dilma Rousseff (PT) também não está bem na “fotografia”, de acordo com o instituto, pois 88% dos eleitores paranaenses desaprovam a administração da petista.

O presidente da Fiep, Edson Campagnolo, comentou os números da Paraná Pesquisas:

“A atual crise econômica e os ajustes ficais feitos pelos dois governos, baseados em aumento de impostos, penalizando o setor produtivo e toda a população, certamente contribuem para esses altos índices de desaprovação”, disse o empresário.< Leia mais

1 de outubro de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Garganta Profunda de Londrina: Ducci será “o cara” de Richa em 2016

richa_ducci_fruet_arnsO PSDB lançará o ex-vice-governador e ex-secretário da Educação, Flávio Arns, como candidato a prefeito de Curitiba. Como bom soldado, acredita na missão que será conferida a ele. “Menos o 3º andar do Palácio Iguaçu”, revela Garganta Profunda de Londrina, principal informante do Blog do Esmael na antessala do governador Beto Richa.

Segundo o nosso Julian Assange das Araucárias, o coração do governador Beto Richa continua batendo forte pelo sucessor e ex-vice Luciano Ducci, do PSB, que já se inscreveu na corrida eleitoral da capital paranaense.

Portanto, Ducci será “o cara” de Richa em 2016.

No entanto, assevera o X-9 palaciano, Arns não sabe que terá papel de “laranja” na eleição de 2016. “Pelo contrário, ele acredita no projeto outorgado a ele pelos correligionários de ninho”, assegura.

Pelo sim pelo não, a gestão sofrível do prefeito Gustavo Fruet (PDT), que tentará a reeleição, está sendo terreno fértil para o surgimento de uma penca de adversários. Alguns competitivos outros, por óbvio, só figuração. Leia mais

1 de outubro de 2015
por Esmael Morais
14 Comentários

Super-herói do impeachment, Cunha precisa explicar contas na Suíça

“Meus heróis morreram de overdose” (Cazuza, em Ideologia).

Os chamados “coxinhas”, aqueles que foram às ruas pelo impeachment da presidenta Dilma e destilaram ódio contra o PT, aos poucos vão ficando sem seus impolutos heróis.

No plano nacional, sucumbe o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), expert em chantagens ao Planalto e aos próprios coxinhas comportando-se pendularmente, vacilante, entre a defesa do impeachment e a condenação do golpe.

No plano estadual, o governador do Paraná Beto Richa (PSDB), também líder oculto das manifestações anti-Dilma e anti-PT, entrou na linha de fogo da Lava Jato. Além disso, o tucano virou réu numa ação de improbidade por causa do massacre do Centro Cívico.

A seguir, leia matéria da Agência do Brasil acerca das contas bancárias secretas de Eduardo Cunha na Suíça:

Suíça envia ao Brasil investigação sobre suposta conta de Eduardo Cunha

da Agência Brasil

O Ministério Público da Suíça encontrou contas bancárias em nome do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e de parentes dele naquele país. A informação foi confirmada hoje (30) pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Com a identificação das contas, o Ministério Público da Suíça remeteu para a PGR a investigação aberta contra Cunha, que passará a ser investigado no Brasil por suspeita dos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção e suposto recebimento de propina no âmbito da Operação Lava Jato. “As informações do MP da Suíça relatam contas bancárias em nome de Cunha e familiares. As investigações lá iniciaram-se em abril deste ano, e houve bloqueio de valores”, informa a procuradoria.

A quantia bloqueada não foi divulgada. De acordo com a procuradoria, a transferência da investigação par Leia mais

1 de outubro de 2015
por Esmael Morais
7 Comentários

Lula estuda antecipar candidatura presidencial

do Brasil 247

lula_2018Lula vem estudando há algum tempo a hipótese de se colocar mais claramente como pré-candidato à Presidência da República. É o que afirma a colunista Mônica Bergamo. Segundo ela, o ex-presidente já discutiu o assunto com lideranças do PT e com interlocutores que o ajudam a analisar o quadro político.

Há um mês, em entrevista a uma rádio de Minas Gerais, ele deixou claro seu interesse por 2018. “Se for necessário, eu vou para a disputa”, afirmou.

Na coluna, a jornalista expõe os argumentos dos aliados petistas a favor e contra a ideia:  Leia mais

1 de outubro de 2015
por Esmael Morais
15 Comentários

Coluna do Requião Filho: O fantasma da privatização ronda a Copel e a Sanepar

Download

Requião Filho*

Desde que assumiu seu primeiro mandato, Beto Richa (PSDB) vem de mansinho tentando alcançar um objetivo sorrateiro que já virou obsessão; privatizar a Copel e a Sanepar. Se olharmos bem de perto, podemos perceber que ele armou uma teia complexa e ardilosa. No primeiro ano de governo, as duas empresas dobraram a distribuição dos lucros aos sócios privados e intensificaram serviços de terceirização.

Uma das últimas tentativas foi um artigo escondido, um texto nas entrelinhas do último pacotaço, enviado à ALEP, que autorizava o executivo a vender ações das empresas estatais, sem autorização legislativa. Por sorte, o texto foi visto a tempo de ser retirado do projeto final.

Viajando pelo túnel do tempo, encontramos evidências ainda mais cabulosas desta fixação pela privatização defendida pelos tucanos. Quando Jaime Lerner assumiu o governo do Paraná, em 1995, o Estado era detentor de 85% das ações da Copel. Ao entregar o cargo, oito anos depois, restavam apenas 31% das ações da energética para o governo do Estado.

O mesmo aconteceu com as Parcerias Público Privadas, as PPP´s, que, anos mais tarde alienou 35 milhões de ações da Sanepar e estas simplesmente desapareceram das mãos do Estado.

O que fica evidente com esta sucessão de fatos é que Richa não vai descansar enquanto não entregar o patrimônio público à iniciativa privada. Está aprimorando suas estratégias e a intenção fica ainda mais explícita com detalhes de suas ações.

Por fim, outro exemplo é uma resolução publicada no Diário Oficial esta semana, que cria uma conta de remuneração de recursos de vendas de ações para o orçamento de 2016. Ou seja, eles ainda não desistiram e não vão descansar enquanto não criarem um jeito de vender o Paraná. Endividado já está, falta só a placa de Vende-se no topo do Pico do Marumbi.

*Requião Filho é advogado, deputado estadual pelo PMDB, vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa do Paraná, especialista em políticas públicas.

Leia mais