31 de outubro de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Fruet sofre cerco da ‘tarifa zero’ na região metropolitana de Curitiba

O pequeno município de Tijucas do Sul, na região metropolitana, a 50 km de Curitiba, decidiu municipalizar o transporte público a partir do próximo dia 4 de dezembro quando vence a concessão de 25 anos.

A Prefeitura vai oferecer ‘tarifa zero’ para os 15 mil potenciais usuários tijucanos-do-sul. Atualmente, o serviço concessionado tem tarifa que custa entre R$ 3,50 e R$ 5.

O secretário municipal de Administração de Tijucas do Sul, Hélio Marcos de Oliveira, ao jornal Gazeta do Povo, explicou com simplicidade a “mágica” que possibilitou a tarifa zero:

“Para manter o preço atual da tarifa, teríamos que subsidiar um pouco. Entre isso e deixar a tarifa gratuita, decidimos investir um pouco mais e adotar a tarifa zero”.

Ou seja, o município eliminou o agenciamento que a máfia do transporte coletivo vinha fazendo o qual come um “subsídio” danado há 25 anos.

Se a tarifa zero no transporte público é possível num pequeno município, como comprovou Tijucas de Sul, também o é nos grandes municípios. No caso de Curitiba, pela quantidade de usuários, o custo da operação tende a ser menor, ou seja, a tarifa gratuita seria ainda mais crível na capital de todos os paranaenses.

O diabo é que a Prefeitura de Curitiba não almeja desvencilhar-se da máfia que domina o setor há décadas. Pelo contrário. As empresas de ônibus são peças-chave no financiamento de campanhas eleitorais.

Portanto, mesmo sob cerco da tarifa zero na região metropolitana, a Curitiba de Gustavo Fruet deverá resistir à gratuidade.

Em várias cidades do Paraná e do Brasil já se adota a ‘tarifa zero’ com grande sucesso de crítica e público.

Está aí um belo tema para os debates nas eleições de 2016.

Leia mais

31 de outubro de 2015
por Esmael Morais
36 Comentários

Odebrecht a Moro: ‘Meu direito de defesa está sendo cerceado’; assista

Odebrecht_MoroO empresário Marcelo Bahia Odebrecht prestou depoimento ontem (30), em Curitiba, ao juiz Sérgio Moro que conduz a força-tarefa da Lava Jato. ... 

Leia mais

31 de outubro de 2015
por Esmael Morais
53 Comentários

Sem pudor e sem-vergonha, Veja veste ex-presidente Lula como presidiário

do Brasil 247

A revista Veja deste fim de semana publicou mais uma capa absolutamente infame em relação ao ex-presidente Lula, que acaba de completar 70 anos.

Nela, Lula é retratado como presidiário por ser cercado, segundo Veja, por “chaves de cadeia”, como os executivos Alexandrino Alencar (Odebrecht), Léo Pinheiro (OAS) e Ricardo Pessoa (UTC), que são grande doadores de recursos para todos os partidos políticos – em especial para o PSDB.

Ao “prender Lula”, a família Civita, que edita Veja, realiza um sonho inconsciente de parte das elites, mas também sinaliza que a agenda do impeachment vem sendo superada.

Como aparentemente não será possível viabilizar um golpe contra a democracia, o que importa, para os fanáticos de direita, é tirar Lula do jogo presidencial de 2018 a qualquer custo.

Nesta semana, no entanto, Lula mandou um aviso, ao discursar no encontro do Diretório Nacional do PT.

“Ninguém precisa ficar com medo, porque se tem uma coisa que eu aprendi na vida é enfrentar a adversidade. Se o objetivo é truncar qualquer perspectiva de futuro, vão ser três anos de muita pancadaria. E podem ficar certos: eu vou sobreviver”, disse ele.

Nunca é demais lembrar que Lula, o presidiário de Veja, foi o presidente mais popular e mais aprovado da história do Brasil.

Leia mais

31 de outubro de 2015
por admin
17 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Richa e Alckmin querem fechar escolas. Suspensão no Paraná. Até quando?

Download

Jorge Bernardi*

O que há em comum, além de pertencerem ao mesmo partido, PSDB, entre os governadores Beto Richa, do Paraná, e Geraldo Alckmin, de São Paulo?

Ambos maltrataram os professores estaduais nos últimos anos, enfrentaram greves, e agora querem fechar escolas em seus respectivos estados.

Richa, pretende desativar 150 escolas, e Alckmin outras 155. Depois de bater em professores, apropriar-se do fundo de aposentadoria dos servidores estaduais, o governo Beto Richa presenteia os paranaenses com mais esta maldade.

Em São Paulo, o governo daquele estado classifica como otimização e reorganização administrativa das escolas. A medida, mantida em segredo a sete chaves, proposta por Alckmin vai prejudicar cerca de 1 milhão de estudantes paulistas.

No Paraná, a questão já chegou a Assembleia Legislativa gerando protesto de deputados, professores, estudantes e familiares. Em Curitiba colégios tradicionais podem ser fechados pelo governo Beto Richa como: Barão do Rio Branco, Dom Pedro II, Xavier da Silva, Tiradentes, Pio Lanteri, Dom Orione, entre outros.

Outra escola, N. S. de Fátima, no Tarumã, com 54 anos, chegou a ter 1.100 alunos e, desde que Richa assumiu, não pode abrir novas turmas. Com mais de 600 alunos, prédio alugado do Santuário N. S. de Fátima, deverá ser fechada. O argumento para fechá-la é risível o alto custo do aluguel: R$ 10 mil reais por mês, menos do que ganha um funcionário comissionado do governo estadual.

O censo educacional do MEC indica que, nos últimos anos, o número de alunos do ensino médio tem diminuído quase 1 % ao ano (0,7% de 2012 a 2013, passando de 8,312 para 8,250 milhões de estudantes). Enquanto há queda no número de matriculas no ensino médio, a educação superior cresceu mais de 3%, no período, saindo de 7 milhões de matriculas para 7,3 milhões, se aproximando do número de alunos do ensino médio.

Constitucionalmente os estados são responsáveis pelo ensino médio (antigo 2º. Grau) embora possuam ainda escolas de ensino fundamental. Diante da repercussão negativa, Beto Richa, na sexta-feira, mandou suspender os estudos para fechamento de escolas em 2016. E depois?

Em vez de fechar escolas, uma medida razoável dos governos estaduais do Paraná e São Paulo, seria descobrir as causas da evasão no ensino médio e realizar companhas para atrair novamente os alunos para as salas de aula. A impressão que se tem é de vingança dos governadores e de desprezo deles com a educação!

*Jorge Bernardi, vereador de Curitiba, Leia mais

30 de outubro de 2015
por admin
92 Comentários

PCdoB leva ao ar programa de TV que petistas não tiveram (ainda) coragem de fazer; assista ao vídeo

pcdobA propaganda do PCdoB que foi ao ar pela TV na noite de ontem (29), em rede nacional, está tendo grande repercussão no meio político pela forte defesa que o partido fez do governo da presidenta Dilma Rousseff (PT). ... 

Leia mais

30 de outubro de 2015
por Esmael Morais
32 Comentários

Quiproquó na fronteira: prefeito “dinheirudo” manda prender polícia e jornalista; ladrão fica solto

O k-suco ferveu nesta sexta-feira (30) em Foz do Iguaçu, na tríplice fronte, depois que o prefeito da cidade, Reni Pereira (PSB), aliado do governador Beto Richa (PSDB), mandou prender um policial militar por ter fornecido à imprensa local cópia de B.O. (Boletim de Ocorrência).

No documento que é público, Reni registrou o roubo de R$ 300 mil em dinheiro e armas de fogo que estavam sob a guarda de um segurança. O ladrão fora identificado e preso, mas, como pagou fiança, já saiu da cadeia.

O inusitado é que o prefeito mais “dinheirudo” do Brasil centrou fogo no soldado da PM, que está preso no 4º BPM a pedido de Reni Pereira. Também sobrou para a imprensa local, como o leitor verá logo adiante.

O advogado do soldado, Jorge Silva Julian, achou muito estranha a reação do prefeito iguaçuense, que vez vistas grossas para a soltura do ladrão mas fez questão de prender o policial que deu publicidade ao B.O. Segundo o defensor, o documento é público e não sigilo na ocorrência. Além disso, aponta, o transporte de armas, entre Reni até a casa do segurança, pode ter sido ilegal.

“Eu creio que esse dinheiro deve ter origem. O prefeito municipal, não tem problema, e também ele deve ter as duas guias de tráfego, que alguém levou essas armas da casa dele para casa do Guarda Municipal”, disparou o advogado.

Na confusão, sobrou até para o jornalista Enrique Alliana, editor do jornal Tribuna Popular, que foi chamado a dar depoimento às 3h15 desta madrugada. “Não é porque ele é prefeito que não pode dar notícia disso”, afirmou o repórter, em concordância com o advogado do soldado.

Leia mais

30 de outubro de 2015
por admin
11 Comentários

Com medo da mobilização e da bruxaria, Beto Richa desiste de fechar escolas (por enquanto)

recuobetoO governador Beto Richa (PSDB) “afrouxou a tanga” e desistiu de fechar escolas e turmas escolares. Pelo menos por enquanto…

A decisão publicada em seu perfil no Facebook mostra que Richa sentiu a força da mobilização dos professores e das comunidades escolares. Há quem diga que o governador também resolveu recuar temendo os efeitos da mandinga feita pelo bruxo Chik Jeitoso contra o fechamento das escolas.

Mas os educadores e as comunidades precisam ficar vigilantes. A intenção de fechar escolas é parte de um plano nacional dos governadores do PSDB e aliados de centro-direita para desmontar a educação pública nos estados, apostando na terceirização e no fim da carreira do magistério. Beto Richa, inclusive, comanda um grupo de governadores no WhatsApp que debate essas maldades.

O mesmo plano de fechamento de escolas do qual Richa desiste momentaneamente está a todo vapor em São Paulo, governada pelo correligionário tucano Geraldo Alckmin. Diz o ditado que o fruto não cai muito longe da árvore…

Leia a seguir a íntegra da mensagem postada por Beto Richa: Leia mais

30 de outubro de 2015
por Esmael Morais
4 Comentários

CPI na Câmara Federal debate ‘crimes cibernéticos’ de comissionados no governo Beto Richa; assista ao vídeo

arruda_cpiO deputado federal João Arruda (PMDB), na CPI de Crimes Cibernéticos, esta semana, levantou a necessidade de investigar cibercomissionados do governo Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais

30 de outubro de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Lula prevê continuidade da esquerda no governo a partir de 2018

do Brasil 247

Lula_PCdoB_CamaraEntrevistado pelo PCdoB na Câmara nesta quinta-feira (29), o ex-presidente Lula reconhece o momento de “muita dificuldade” na política brasileira, mas ele acredita que as recentes mudanças na articulação política do governo Dilma darão um alento ao Planalto no Congresso.

“Não é um momento fácil. Possivelmente, é o momento o mais difícil da história do PCdoB e do PT, porque não estamos enfrentando um partido de oposição comum. Estamos enfrentando um massacre de uma imprensa conservadora”, disse.

“Existe um massacre em cima do PT. Evidentemente, que nós também temos cometido erros. Existe discordância com relação à política econômica, e temos de fazer as correções na medida do possível e no momento correto. Temos muita divergência dentro do Congresso Nacional. É preciso que os partidos assumam a responsabilidade de funcionar enquanto partidos políticos”, ressaltou.

Ainda assim, ele afirma que a presidente Dilma Rousseff “vai voltar a crescer” e deixa um recado: “Para aqueles que não gostam de nós, vão ter de conviver a partir de 2018 durante mais quatro anos com os partidos democráticos e populares na governança deste país”.

Lula almoçou com a bancada do PCdoB na Câmara nesta quinta.

Abaixo os principais trechos da entrevista exclusiva de Lula concedida ao PCdoB na Câmara: Leia mais

30 de outubro de 2015
por admin
17 Comentários

Coluna do Bruno Meirinho: Os “paus-mandados” de Eduardo Cunha

Download

Bruno Meirinho*

O que falta para o Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), cair? As denúncias são graves, as provas, exaustivas. Não pode um parlamentar acusado de prática continuada de corrupção e chantagem permanecer no comando da Câmara dos Deputados. Essa permanência depõe contra a imagem dessa casa, já tão desgastada.

A manutenção de Cunha prejudica o bom funcionamento da Câmara. Conhecido pelas chantagens, como a que foi narrada pelo lobista Júlio Camargo, Cunha segue livre para manobrar procedimentos e constranger pessoas.

Segundo relatos, Cunha teria o comando da própria Comissão de Ética, onde sua conduta de mentir em uma sessão da CPI da Petrobrás e tantas outras falcatruas ainda serão analisadas.

Relembrando: em 5 de março, Cunha compareceu voluntariamente – sequer havia sido chamado para prestar esclarecimentos – à sessão da CPI da Petrobrás. Naquela oportunidade, disse que não possuía nenhuma outra conta bancária além daquelas declaradas à Receita Federal.

Mas as contas não declaradas apareceram. Na suíça, mais de uma, e em todas elas constam as assinaturas e documentos de Cunha e sua família.

Mesmo com as evidências desses e de outros episódios de corrupção, Cunha permanece irremovível de sua função. Um cordão de proteção se forma. Paulinho da Força (SD-SP), um dos paus-mandados de Cunha, lidera a defesa do presidente da Câmara: em uma manifestação de solidariedade da sua central sindical em Brasília, os bajuladores gritaram “Cunha, guerreiro, do povo brasileiro”.

Não se sabe o que de tão relevante Cunha teria feito ao povo brasileiro. Sabe-se, por outro lado, que sua conduta de chantagem permanece. Nessa semana, Paulinho da Força apresentou um pedido de cassação do Deputado Federal Chico Alencar (PSOL-RJ).

A conduta é mera provocação, já que não existem investigações ou denúncias contra Chico Alencar que, por outro lado, lidera junto com deputados de outros partidos a campanha para que Cunha saia da presidência da Câmara.

É comovente a subordinação de Paulinho da Força a Eduardo Cunha. Pau-mandado, foi perguntado sobre o que mais Cunha o mandaria fazer. No time dos paus-mandados, está também o Deputado Federal Celso Pansera (PMDB-RJ), que protagonizou vários episódios de chantagem na CPI da Petrobrás, feitos claramente a mando de Cunha. Em recompensa, conquistou um ministério.

O time de paus-mandados é grande, e causa pena que pessoas que conquistaram um mandato tão importante cheguem a esse ponto. Com tanta coisa que um Deputado Federal pode fazer, esses aí resolveram ser “pau-mandado” do Eduardo Cunha.

*Bruno Meirinho é advogado, foi candidat Leia mais

29 de outubro de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Neivo Beraldin não é mais superintendente do Trabalho; cargo é disputado pelo PT e PCdoB no Paraná

beraldin_srteO ex-deputado Neivo Beraldin (PDT), em caráter irrevogável, deixou nesta quinta-feira (29) a Superintendente Regional do Trabalho e Emprego no Paraná (SRTE/PR), órgão vinculado ao Ministério do Trabalho. Ele ficou quatro anos e meio no cargo. ... 

Leia mais

29 de outubro de 2015
por Esmael Morais
15 Comentários

DataPicler mostra eleição embolada em Curitiba; veja os números

DataPiclerO curso de Ciência Política do grupo educacional Uninter, do Professor Wilson Picler, realizou sondagem sobre a disputa pela Prefeitura de Curitiba entre os dias 19 e 24 de outubro.

Se as eleição para a Prefeitura de Curitiba fosse hoje, segundo o DataPicler, a peleja estaria indefinida. Isto é, o pelotão de frente está completamente embolado (tecnicamente empatado).

Segundo o DataPicler, Gustavo Fruet (PDT), Requião Filho (PMDB), Luciano Ducci (PSB) estão empatados com 17%, 14,4% e 14,1%, respectivamente. Rafael Greca (PMN) vem logo em seguida com 12,6%. Fernando Francischini (SD) tem 10,9%, Ney Leprevost (PSD) aparece com 8% e Tadeu Veneri (PT) com 3,6%. Leia mais

29 de outubro de 2015
por admin
17 Comentários

Enio Verri esculhamba o jeito PSDB de governar de Beto Richa; assista

tucanosO deputado federal Enio Verri (PT-PR), respondendo a críticas feitas à gestão da presidenta Dilma Rousseff (PT), fez hoje (29) um discurso curto e grosso esculhambando o jeito PSDB de governar. ... 

Leia mais

29 de outubro de 2015
por Esmael Morais
1 Comentário

“Serão três anos de pancadaria, mas eu vou sobreviver”, garante Lula

da Agência PT

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu, nesta quinta-feira (29), durante reunião do Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores, que vai sobreviver à campanha de criminalização e de ódio promovida contra ele.

“Serão três anos de pancadaria, mas eu vou sobreviver”, garantiu.

“Tem uma coisa que aprendi: enfrentar a diversidade. Podem ficar certos: eu vou sobreviver. E eles, terão a credibilidade que imaginam?”, questionou o ex-presidente, sobre a oposição e parte da grande mídia.

Ao chegar ao local da reunião, em Brasília (DF), Lula foi ovacionado pelos petistas. “Lula, guerreiro, do povo brasileiro”, gritaram os presentes.

Em seguida, os participantes da reunião cantaram parabéns para o ex-presidente, que completou 70 anos na última terça-feira (27).

Além de Lula, participam do encontro o presidente Nacional do PT, Rui Falcão; os governadores Wellington Dias (PI) e Tião Viana (AC); o líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE); o líder do PT no Senado, Humberto Costa (CE); o líder do PT na Câmara, Sibá Machado, entre outros.

Logo no início da reunião do Diretório Nacional, o PT fez uma homenagem ao ex-presidente da sigla e ex-presidente da Petrobras José Eduardo Dutra, que morreu no dia 4 de outubro deste ano. Como parte da homenagem, Rui Falcão pediu um minuto de silêncio aos que estavam no local.

“Zé Eduardo era um homem que não flertava com as elites, mas era um homem amplo de grandes debates políticos. Sou testemunha do grande líder que ele foi para esse partido”, disse o Secretário de Finanças do PT, Márcio Macêdo.

Assista: