Fruet deixa viaturas da Guarda Municipal paradas para economizar combustível; criminalidade agradece

A constante omissão do prefeito Gustavo Fruet (parece que ele não quer gastar esforço) poderá render uma grande economia de votos na eleição do ano que vem.
A constante omissão do prefeito Gustavo Fruet (parece que ele não quer gastar esforço) poderá render uma grande economia de votos na eleição do ano que vem.
O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), anda copiando o governador Beto Richa (PSDB) na incompetência administrativa e isso está se refletindo na segurança pública da capital.

O Blog do Esmael recebeu cópia de um memorando determinando às viaturas da Guarda Municipal que fiquem paradas em locais determinados e só saiam em situações emergenciais. A medida é para economizar combustível, evitando que as veículos parem de vez, como já ocorreu diversas vezes com a Polícia Militar.

Veja o texto do memorando: 

GM_viaturas

A questão é que as rondas são fundamentais para aumentar a sensação de segurança e coibir a criminalidade. Funciona como prevenção. É o tal do policiamento ostensivo.

Isso é uma questão de economia, por certo. Mas, muitas vezes, o barato sai caro. E a constante omissão de Gustavo Fruet enquanto prefeito (parece que ele não quer gastar esforço) pode render uma grande economia de votos no ano que vem. Os eleitores vão economizar com ele e gastar o voto com algum candidato que pareça mais presente na vida da cidade.

Comments are closed.