Fracassam protestos contra Dilma no 7 de Setembro; agora só falta ela mudar a economia

defile_7setembroAs ruas deram uma trégua para Dilma Rousseff (PT) neste 7 de Setembro. As manifestações nos desfiles da Pátria, Brasil afora, foram um fiasco. Agora só falta a presidenta da República mudar a política econômica, ponto de tensão na sociedade.

Em Brasil, cerca de trezentas pessoas ensaiaram um protesto contra o PT, Dilma e o ex-presidente Lula. Em Curitiba, cerca de 20 militantes de organizações de extrema-direita levaram faixas na Avenida Cândido de Abreu. Faltou gente para segurar os panos com as propagandas antigoverno e anticomunista.

No desfile da capital paranaense o alvo do público foi o governador Beto Richa (PSDB), que amargou insistentes vaias no Centro Cívico. O tucano tem mais de 80% de reprovação nas pesquisas de opinião.

No último final de semana, em Minas Gerais, movimentos sociais e partidos políticos condicionaram apoio a Dilma à demissão do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e à mudança na política econômica. Líderes de esquerda e nacionalista denunciaram que a presidenta está “sequestrada” pelo banco Bradesco e o sistema financeiro.

Comentários encerrados.