Diretor de escola ligado a Richa é preso por desvio de merenda no Paraná

Publicado em 15 setembro, 2015
Compartilhe agora!
Diretor e pedagoga foram soltos ontem, após pagar fiança; eles fazem parte do grupo político do governador Beto Richa na cidade de Apucarana.
Diretor e pedagoga foram soltos ontem, após pagar fiança; eles fazem parte do grupo político do governador Beto Richa na cidade de Apucarana; agora, imagina se a dupla fosse da APP ou filiada no PT…

O diretor do Colégio Antônio dos Três Reis de Oliveira, Luiz De Faveri, foi preso na sexta-feira (11), no município de Apucarana, Norte do Paraná, por suspeita de desvio de merenda escolar do estabelecimento em que trabalha. Além dele, o Serviço de Inteligência (P2) do 10º Batalhão da Polícia Militar (BPM) também prendeu uma pedagoga.

Pois bem, o Blog do Esmael apurou que o diretor da escola é tucano de coração e faz parte do grupo político do governador Beto Richa (PSDB) na cidade que fica no Vale do Ivaí, a 363 km de Curitiba.

Educadores relatam nas redes sociais que Faveri os perseguiam durante as greves no primeiro semestre. O objetivo era mostrar serviço para o Palácio Iguaçu. “Tinha até bandeira do PSDB na mesa de trabalho do diretor da escola”, recorda um professor apucaranense.

Esse escândalo desvio de merenda pelo diretor tucano se soma à maldade de outro tucano maior, o próprio governador Beto Richa, que cortará R$ 17 milhões da alimentação dos pimpolhos em idade escolar. O assunto foi tratado semana passada por uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná.

O Blog do Esmael não vai condenar o diretor e a pedagoga do Colégio Antônio dos Três Reis de Oliveira. Até que provem em contrário, eles são inocentes. É a presunção da inocência. Até porque, quem sabe, eles aleguem “assalto famélico” para pagar os tarifaços de água, luz e IPVA do governo do estado.

É bom frisar que o salário dos educadores não recebeu 60% de aumento como diz a propaganda do governador Beto Richa.

Portanto, fica a lição que supostos malfeitos não são exclusividade de petistas e que também importante deixar claro que a maioria absoluta dos diretores de escola – independente da coloração partidária que tenham – são pessoas sérias e comprometidas com a qualidade da educação.

Por fim, a informação é que tanto o diretor quanto a pedagoga foram soltos ontem após pagamento de fiança. Agora, imagina se a dupla fosse da APP ou filiada no PT…

Compartilhe agora!

Comments are closed.