Por Esmael Morais

Coluna do Jorge Bernardi: Extrema direita ameaça democracia e promove ódio político no Paraná

Publicado em 19/09/2015

Os bonecos de Lula e Dilma, apelidados de Pixuleco e Pixuleca, levados nos últimos dias para diversas cidades brasileiras, como em 07 de setembro para Brasília, é uma demonstração deste ódio semeado pela extrema direita brasileira.

Não dá para tapar o sol com a peneira. O partido da presidenta e seus aliados têm responsabilidades pelos muitos desvios éticos que têm servido de fertilizante para o crescimento da extrema direita brasileira. Mas sair as ruas com cartazes pedindo a volta dos militares é apologia ao golpe contra a democracia.

A extrema direita espalha mentiras como a que, na época da ditadura, havia menos criminalidade, que as pessoas tinham segurança. Alardeiam que o Brasil vivia às mil maravilhas, o que não é verdade. As novas gerações estão sendo iludidas com esta propaganda enganosa.

A ideologia de direita contribui para o surgimento de grupos paramilitares, de justiceiros, milícias, que assumem o controle de comunidades, promovem massacres, como a recente chacina de São Paulo com 19 mortos. A escalada da extrema direita é uma ameaça ao estado democrático de direito e às conquistas sociais. Ela deve ser combatida com firmeza pelo estado brasileiro antes que cresça e destrua a própria democracia.

*Jorge Bernardi, vereador de Curitiba pelo PDT, é advogado e jornalista. Mestre e doutorando em gestão urbana, ele escreve aos sábados no Blog do Esmael.