Bancos Itaú e Bradesco também têm notas rebaixadas pela Standard & Poor’s. Vai dar na Globo?

bancos_globo

Daqui a pouco, às 21 horas, vamos conferir se a Globo dará o mesmo destaque no rebaixamento das notas dos principais bancos do país, dentre os quais estão Itaú Unibanco e Bradesco. Ao todo, são 13 bancos na lista negra divulgada pela agência de riscos Standard & Poor’s.

Todas as instituições financeiras foram cortadas de “BBB-” para “BB+”, com perspectiva negativa. Com isso, todos entram na categoria “junk”, sem grau de investimento.

Durante o dia de hoje, o senador Roberto Requião (PMDB-PR), um dos mais críticos da política econômica pilotada pelo ministro Joaquim Levy, disse que o rebaixamento atinge mais os bancos que o país — como quis fazer crer ontem (9) a mídia. “Não diz absolutamente nada esse ranking da Standard & Poor’s”, minimizou em áudio publicado em sua página na internet.

O parlamentar peemedebista voltou a pedir à presidenta Dilma Rousseff que demita Levy, para quem o ministro é o verdadeiro representante do “capital vadio” e dos bancos.

Na mesma toada veio o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Da Argentina, onde cumpre agenda, ele também afirmou que a perda de grau de investimento do país “não significa nada”.

Caso a emissora dos Marinhos não dê o mesmo destaque ao rebaixamento dos bancos no Jornal Nacional, terá a chance de fazê-lo no Jornal da Globo.

Jornalões, rádios e portais da velha mídia também terão oportunidade de mostrar que os bancos, inclusive o Banco do Brasil, se ferraram nesse rebaixamento para “junk”. Por enquanto, o destaque tem sido para o governo e para a Petrobras.

Além deles, estão na lista de bancos rebaixados a Caixa Econômica, BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Citibank, Banco Votorantim, Banco do Nordeste, HSBC, Banco ABC Brasil, Santander, BNP Paribas e BTG Pactual.

Comentários encerrados.