Vem aí a “Operação Independência” da Lava Jato. Independência de quem?

PF_Youssef

A manutenção da homologação da delação de Alberto Youssef, o doleiro preferido do PSDB, pelo STF, terá desdobramentos nos próximos dias em nova operação da Lava Jato. Nos meios jurídicos e policiais se fala em “Operação Independência”, haja vista a proximidade com a Semana da Pátria.

Segundo informações colhidas pelo Blog do Esmael, parte da próxima “Operação Independência” será executada no Paraná em conjunto com o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Londrina. O braço policial do Ministério Público do Paraná (MP-PR) tem compartilhado informações com a Polícia Federal e promotores da Lava Jato.

Também é importante registrar que o juiz Fernando Fischer, da 2ª Vara Criminal de Curitiba, homologou esta semana um acordo de colaboração com o doleiro Alberto Youssef. Ele já está colaborando com MP-PR na investigação de desvio de dinheiro público, no caso que ficou conhecido como Copel (Companhia Paranaense de Energia)-Olvepar (Óleos e Vegetais Paraná S/A).

A “Operação Independência”, se realmente ocorrer, seria uma prova concreta de que a operação Lava Jato nada tem a ver com o PSDB e que as investigações comandadas pelo juiz Sérgio Moro realmente são independentes de partidos políticos e ideologias? A conferir.

Mais uma observação: há 15 dias a Lava Jato não prende ninguém e há vaga na carceragem da Polícia Federal em Curitiba.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. sete de setembro,so nos faz lembrar do passado,obscuro incerto, independente poderia ser,mas hoje agora independencia do que,das sete mentiras,sete novos ladroes incertos,sete novas cadeias federais,para prender quem,sete delasao premiadas.sete solta prende,ou 7×7=49. no funda de uma cadeia isso e tudo improvavel.uma novela sem data para acabar.

  2. Mas Ôôi! Tele sena da independência.

  3. Um peso duas medidas, se for PT manda pro xilindró se for PSDB, PP, DEM etc, as acusações são irrelevantes, que tipo de lei é essa, ta mais que provado que o Beto play pegou dinheiro sujo na sua campanha e a justiça não fez nada, Aécio e Alckmin a mesma coisa, dai vem com essa conversa fiada de justiça, cadeia para todos sejam PT, PSDB, PP, DEM etc.

  4. A Lava Jato não me engana. Youssef entregou Aécio e sua irmã no caso Furnas. Existe farta documentação sobre esta questão mas Moro não está nem aí para o senador mineiro, e nem mandou prender a irmã dele. O objetivo da Lava Jato é atacar os aliados do governo federal, só isso.

    • Não podemos deixar que isso aconteça.
      Se para os aliados do Governo Federal tem Justiça, que o mesmo ocorra com seus opositores.
      E comecemos “cobrar” por Justiça para todos.

  5. Agora é o Lula, certeza. O “modus operandis” do tal juiz é o mesmo do outro, lá do STF, que muito mal fez a justiça do país. Só que lá, diferentemente de cá, houve processo, teve, se mal ou bem, um julgamento, e depois prenderam pessoas. Já aqui inverteram tudo a revelia da constituição. Só acionam a justiça quando se acusa alguns aos quais lhes escapam informações, a exemplo Aécio, Cunha, Renan… aí vale o “inocente até prova em contrário”, “devido processo legal”, “direito ao contraditório e a ampla defesa”. Aí nesses casos invocam o direito. Caso contrário, cadeia neles.