Por Esmael Morais

Velha mídia que jogou contra os professores é a mesma que agora joga contra Dilma; compare as imagens

Publicado em 18/08/2015

Acerca dessa guerra de números nos protestos de domingo, Murilo Hidalgo, presidente da Paraná Pesquisas, afirmou que os veículos de comunicação “chutam” os números sem compromisso algum com a realidade.

Para ele, as divergências entre órgãos de imprensa acerca do número de manifestantes são tão ridículas que ultrapassam o limite do absurdo.

“Não existe uma metodologia para contagem de gente. Trata-se de chute. A única corporação que tem condições de aferir com mais exatidão é a Polícia Militar”, disse o experiente Hidalgo. Entretanto, ressalva o pesquisador: esses comandos são políticos e ligados ao governante de plantão.