Veja essa: PM prende palhaço depois de criticar governador Beto Richa

do blog da Laís Laíny e vídeo da TV Tarobá

tico_pmConta a jornalista e blogueira Laís Laíny, de Cascavel, que houve uma palhaçada nesta sexta-feira (14) naquela cidade por parte da Polícia Militar. O pelotão de choque prendeu um artista depois que este criticou o governador Beto Richa (PSDB) durante uma apresentação no calçadão. A cultura da violência da PM ficou cristalizada com o massacre dos professores no dia 29 de abril, sob mando do tucano.

Assista ao vídeo:

Leia a íntegra da matéria:

Após receber crítica, Choque prende palhaço em apresentação do Festival de Teatro

Uma apresentação do Festival de Teatro de Cascavel no Calçadão virou caso de polícia. O palhaço Tico Bonito, que apresentava a peça Licença Pr’eu Passar no Calçadão foi preso pelo Pelotão de Choque simplesmente porque fez uma crítica aos policiais e ao governo Beto Richa (PSDB).

Segundo testemunhas, em certo momento do espetáculo o palhaço disse que precisaria de seguranças. Quando passaram alguns policiais do Pelotão de Choque e a plateia apontou à viatura.

Segundo Silvana Deotti, namorada de Tico, neste momento ele fez a crítica.

“O Tico falou que não poderiam chamar aqueles policiais porque eles só serviam para proteger o Beto Richa. Depois disso os policiais deram ré e entraram no meio do espetáculo para prender o Tico”.

O artista de Cascavel, Jean Salustiano, viu como tudo aconteceu. Ele relata que havia estudantes do Colégio Eleodoro e várias pessoas que estavam passando no Calçadão. Segundo ele, houve truculência.

“Entraram no meio da apresentação, algemaram e meteram o Tico no camburão. Batiam com a porta do carro na perna do Tico e chamaram a Cavalaria para dispersar”.

Para Silvana, a ação da PM foi exagerada.

“Ele não fez nada demais. Ele sempre faz essas críticas mas dessa vez resolveram levar”.

Tico foi detido mas deve ficar presos. Ele foi encaminhado até o Fórum para assinar um termo circunstanciado.

Versão da PM

O tenente da PM, Roberto Tavares, foi procurado e está se inteirando do assunto para dar a versão da polícia sobre os fatos.

Comentários encerrados.