Por Esmael Morais

Fechamento de delegacias da Receita Estadual pode ser “queima de arquivo”, dizem deputados

Publicado em 14/08/2015

Não vai fechar

Para acalmar os rebentos no legislativo, o líder do governo  Beto Richa, o deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB), saiu com uma declaração afirmando que as delegacias de Foz e União da Vitória não serão fechadas, mas sim transformadas em Inspetorias Regionais de Fiscalização Avançada.

Mesmo com a operação abafa, a resposta parece não ter sido a contento dos parlamentares. A deputada Claudia Pereira (PSC) se manifestou dizendo que pretende reunir os colegas para intimar Mauro Ricardo Costa para que num prazo de 30 dias se manifeste sobre suas declarações e sua decisão. Claudia tem interesses diretos na pauta, já que é esposa do prefeito de Foz do Iguaçu, Reni Pereira.

O secretário importado de Beto Richa pareceu dar de ombros aos deputados ao emitir a seguinte declaração: “ Os parlamentares que estão reclamando devem esquecer a Receita Estadual, que já teve muitos problemas, inclusive por indicações políticas”, disparou.

E enquanto os deputados da base governista brigam pela reabertura das duas delegacias, o pedido de CPI para investigar os crimes de desvio de dinheiro, formação de quadrilha, sonegação fiscal e cobrança de propina dentro da Receita Estadual segue parado e sem aderência dos deputados da base do governo, que, ao que tudo indica, acreditam não existir razões para tal medida.