13 de agosto de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Gleisi Hoffmann: ‘A velha mídia mente e distorce fatos contra o PT’

gleisiadvA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), indignada, ao Blog do Esmael, refutou informações veiculadas pela velha mídia nesta quinta-feira (13) acerca do advogado de suas campanhas eleitorais de 2008, 2010 e 2014. De acordo com ela, Guilherme Gonçalves foi seu advogado e da “torcida do Flamengo” nos últimos anos. ... 

Leia mais

13 de agosto de 2015
por Esmael Morais
4 Comentários

Requião vai apresentar alternativa ao “Arrocho Levy” para recuperar a Petrobras e a economia; assista

requiaolevyO senador Roberto Requião (PMDB) anunciou nesta quinta-feira (13), em pronunciamento no Senado, que vai apresentar projetos de lei para que a Petrobras retome os investimentos e recupere toda a extensa cadeia econômica do petróleo, hoje em crise, em função da operação Lava Jato e dos cortes no orçamento da estatal. Veja o vídeo abaixo.

Ele lembrou que a Petrobras é responsável por parte substancial do PIB brasileiro e que sua paralisia afeta fortemente a economia nacional, já em recessão.

Segundo o senador, o Brasil amorteceu os efeitos da crise mundial que explodiu em 2008 quando o Tesouro Nacional liberou 100 bilhões de reais em 2009, e mais 80 bilhões de reais em 2010 para que fossem aplicados no setor produtivo. Graças a isso, em 2009, o Brasil cresceu mais de sete por cento, enquanto a Europa e os Estados Unidos amargavam números negativos.

A mesma coisa pode ser feita agora, argumentou o senador. Nesse sentido, ele vai apresentar projeto de lei ao Senado.

Requião comunicou também que vai propor a incidência de imposto de renda sobre lucros e dividendos, isentos por Fernando Henrique Cardoso (PSDB), o que permite à pequena parcela de brasileiros pagar menos imposto de renda que os assalariados. Esse imposto, lembrou, existe em todos os países civilizados. E caso existisse, arrecadaria boa parte do que o chamado “ajuste Levy” pretende amealhar, sacrificando principalmente os trabalhadores.

Veja  a seguir o pronunciamento do senador paranaense: Leia mais

13 de agosto de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

Professores entram na Justiça contra novo calote de Beto Richa no PDE

richa_nota_zero.jpgO governador Beto Richa (PSDB) aplicou um novo calote nos professores do Paraná. Isto em pouco menos de três meses do Massacre de 29 de abril. O tucano é oficialmente o primeiro gesto do estado a descumprir a lei do Programa de Desenvolvimento da Educação (PDE) desde a sua criação, há uma década. Mais do que isso, ao cancelar as turmas do PDE 2015, ele descumpriu um importante item do acordo que pôs fim à greve da educação no estado.

“Não houve diálogo, sequer fomos informados. Soubemos pela imprensa que não haveria PDE este ano. Por conta disso, a APP-Sindicato entrou com pedido de liminar na Justiça exigindo que se cumpra o que é de direito e determinado por lei”, disse ao Blog do Esmael o secretário de comunicação da entidade representativa dos trabalhadores no magistério, Luiz Fernando Rodrigues.

O PDE tem turmas abertas anualmente. São duas mil vagas abertas a cada temporada com o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento e a metodologia de ensino dos professores em todo estado visando fortalecer a qualidade do ensino básico nas escolas paranaenses.

Desde sua criação, em 2004, na gestão de Roberto Requião (PMDB), nenhum governador do estado havia cancelado uma turma. Leia mais

13 de agosto de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Pré-sal: Renan Calheiros e oposição tentam covardia contra Petrobras

por Paulo Moreira Leite, via Brasil 247
renan_petrobras_serraVez por outra, descobre-se que uma pessoa paranóica pode ter razão — e enxergar inimigos de verdade.

Constata-se, hoje, que nem o mais fanático adepto das teorias conspiratórias seria capaz de imaginar um roteiro tão óbvio para prejudicar o Brasil e os brasileiros.

Depois que a Lava Jato já completou um ano e meio, levando empresários, fornecedores e executivos para a prisão, deixando o governo Dilma Rousseff com uma perna quebrada, tenta-se retomar de qualquer maneira o mais antigo sonho das grandes multinacionais do petróleo e seus aliados internos, que trabalham há 62 anos contra a Petrobras.

A partir de um cálculo elementar, cuja base é a covardia, tenta-se aproveitar a hora de fraqueza do Planalto, para se tentar avançar de qualquer maneira no projeto 131, do senador José Serra, que propõe retirar a obrigatoriedade da presença da Petrobras na exploração do pré-sal — descoberta que alterou a posição do país no mercado mundial de combustíveis e abriu uma perspectiva duradoura de desenvolvimento sustentável para o país. Leia mais

13 de agosto de 2015
por Esmael Morais
5 Comentários

Privatização do SUS seria um “desastre”, diz ex-ministro de Lula

temporaoO ex-ministro da Saúde no governo Lula e atual diretor-executivo do Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde, José Gomes Temporão, considerou como sendo uma “ideia desbaratada” a proposta encaminhada ao Planalto pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que prevê a cobrança dos atendimentos feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“A proposta de cobrança no SUS é uma ideia desbaratada que não resolve nada. Politicamente é um desastre e conceitualmente é um equívoco: é radicalmente oposta ao que está na Constituição. Significa mais uma tentativa de colocar sobre as famílias brasileiras o ônus do financiamento da saúde”, afirmou.

Segundo Temporão, o projeto encaminhado pelo Senado “soa mais como uma provocação do governo em relação à saúde pública. Não há ninguém no setor que sustente uma proposta que é absolutamente nefasta para a saúde no país”. Leia mais

13 de agosto de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Papa Francisco pode canonizar Gleisi Hoffmann depois de briga com bancos

papa_banco_gleisi ... 

Leia mais

13 de agosto de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Richa e Mauro Ricardo planejam perseguir motoristas no Paraná

blizeO secretário importado por extradição, Mauro Ricardo Costa, interventor do PSDB nacional nas finanças paranaenses, titular da Secretaria da Fazenda, anda animado com a ideia de implantar aqui no estado o famigerado programa “Olho na Placa”.

O “Olho na Placa” foi elaborado por Mauro enquanto secretário da Fazenda do governo de São Paulo e tinha por objetivo identificar supostas fraudes no emplacamento de veículos naquele estado.

Inicialmente, a função era identificar paulistas que emplacavam carros no Paraná para pagar IPVA mais barato. Isso foi na época em que Roberto Requião (PMDB) era governador. Hoje, não há mais vantagem já que os 40% de reajuste do IPVA imposto por Beto Richa deixaram a alíquota paranaense como uma das mais caras do país.

Se adotar o mesmo procedimento que Mauro Ricardo adotou em São Paulo, Richa vai perseguir e demonizar veículos alugados, caminhões, carros de passeio, ônibus, etc. No estado vizinho, motoristas e despachantes de trânsito eram presos e na época estabeleceu-se o caos.

O diabo é que o IPVA é devido onde a propriedade é exercida e demonstrada. No entanto, a proposta de Richa e Mauro Ricardo seria crível se a fiscalização fosse sobre um imóvel (uma casa que não sai do lugar, por exemplo). Porém, a função do automóvel é justamente conferir mobilidade ao proprietário por todo o território nacional e internacional.

No caso do “Olho na Placa” de São Paulo, por diversas vezes, a Justiça julgou decisões favoráveis a motoristas apontando cobrança irregular dos impostos e o pior, em duplicidade. Além, é claro, das arbitrariedades nas restrições de liberdade de ir e vir dos cidadãos. Leia mais

13 de agosto de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Ato antigolpe reúne forças vivas da sociedade em defesa de Dilma

iddd

Forças vivas sociedade realizam um Ato Público na próxima terça-feira, 18 de agosto, em São Paulo, contra o autoritarismo e as ameaças ao Estado Democrático de Direito. O evento capitaneado pelo Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD) será logo depois das manifestações contra a presidenta Dilma Roussef, marcadas para domingo (16), e servirá de aquecimento às manifestações antigolpe da UNE e movimentos sociais marcadas para a quinta-feira (20).

Neste domingo, a partir das 14 horas, o Blog do Esmael vai transmitir e comentar ao vivo o protesto desde Curitiba para o Brasil e o mundo.

Segundo o IDDD, o país mergulhou numa onda punitivista perigosa, alimentada diariamente pelo discurso de ódio, que se aproveita do clamor gerado por causas de repercussão para conseguir a aprovação da chamada legislação de pânico, que ameaça pilares democráticos do Estado de Direito.

Como exemplo o Instituto cita o movimento pela redução da maioridade penal, propostas de flexibilizações de regras processuais, como prisões decorrentes de sentenças em primeira instância ou a possibilidade de uso de provas ilícitas, as prisões preventivas ilegais, muitas vezes utilizadas como forma de pressão para forçar delações premiadas, a criminalização de movimentos sociais, o uso de grampos ilegais, o desrespeito absoluto à presunção de inocência e até mesmo propostas de retorno ao regime militar.

Com exceção da redução da idade penal, e o retorno ao regime militar, as referências à operação Lava Jato e às práticas do Juiz Sérgio Moro são mais que claras.

O IDDD convidou para o Ato, entidades de classe, representantes acadêmicos, centros acadêmicos, advogados, defensores públicos, juízes e toda a sociedade civil. Leia mais

13 de agosto de 2015
por Esmael Morais
52 Comentários

Coluna do Requião Filho: Nota Fiscal Paranaense, a grande mentira!

notafRequião Filho*

Download

O programa Nota Fiscal Paranaense, na forma divulgada, se caracteriza como verdadeira propaganda enganosa. Explico: a devolução de impostos ao consumidor, pregada pelo Governo, será mínima. Está se criando uma falsa expectativa no povo paranaense!

Depois de sobretaxar mais de 90 mil produtos que antes eram isentos, o governo lança mão de um artifício do qual é useiro e vezeiro, a mentira. Gasta o dinheiro que tira da educação em uma campanha prometendo mundos de crédito ao cidadão.

A propaganda do referido programa esqueceu de mencionar que quase a totalidade dos produtos consumidos no dia a dia não gerarão qualquer retorno e que não basta pedir crédito tem que fazer o cadastro para poder se creditar.

O próprio site oficial do Estado está na contramão da propaganda do programa, vez que traz informações que demonstram que grande parte das Notas Fiscais não gerará o retorno esperado.

O Governador Beto Richa (PSDB) e seu Secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, apostam suas fichas na memória curta do povo e na suposta falta de conhecimento de matemática básica, talvez por estarem costumados a menosprezar a educação no Estado. Eles acreditem que o povo não sabe fazer conta

Vamos aos números, Richa tributou produtos em 18% que antes eram totalmente isentos Leia mais