Vazamento de depoimento de Youssef causa pânico no governo Beto Richa

beto_richa

O Palácio Iguaçu está em polvorosa e o Centro Cívico tremeu nesta segunda-feira (13) com o vazamento de depoimento do doleiro Alberto Youssef, delator da Operação Lava Jato.

O que era apenas uma hipótese na semana passada agora é concreto: o delator entregou meio Palácio Iguaçu e integrantes do 1º escalão à Procuradoria Geral da República, na última quinta-feira, dia 9 de julho.

Segundo informações vazadas nos bastidores, Youssef teria confirmado esquemas de corrupção e propina envolvendo agentes públicos “graduados” do governo paranaense.

O delator da Lava Jato fora bastante detalhista. Ele lembrou de nome, sobrenome, CPF e endereço de vários palacianos.

Comentários encerrados.