images-cms-image-000447840

| Comente agora

egundo o presidente do partido, senador Aécio Neves, “na próxima semana, o PSDB começa a veicular inserções de 30 segundos convocando ‘os indignados’ com a crise a participar da manifestação nacional marcada pelos movimentos de rua, para o dia 16 de agosto”; ato pedirá o impeachment da presidente Dilma Rousseff, como já fez em outras ocasiões; Aécio, que chegou a ser chamado de traidor por esses ativistas, agora entrou de cabeça na causa; ele também rechaçou qualquer hipótese de diálogo com o governo; “Fernando Henrique deu o tom certo: quem pariu Mateus que o embale. Não nos culpem”; mesmo convidando para o golpe, presidente do PSDB disse que “se um dia tiver a oportunidade de ser presidente da República, será unicamente pelo caminho do voto, não por outra saída qualquer”.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.