Por Esmael Morais

“Leitão Vesgo”, marido da vice, critica governo Beto Richa; ouça o áudio

Publicado em 14/07/2015

ricardo_barrosO deputado federal Ricardo Barros (PP), conhecido nos bastidores da política paranaense como “Leitão Vesgo”, fez duras críticas ao segundo mandato do governador Beto Richa (PSDB).

O marido da vice-governadora do estado, Cida Borguetti (PROS), em entrevista à CBN Curitiba, falou em ações equivocadas tomadas pelo tucano. “Muitas decisões equivocadas provocaram desgaste no governo, errou muito, mas aprovou o ajuste fiscal”. Ele disse que o governo teve “condutas inadequadas durante a crise”.

Ouça o áudio

O apelido de “Leitão Vesgo” foi dado a Barros pelo ex-deputado André Vargas (sem partido), preso pela Lava Jato. O ex-parlamentar divertia-se repetindo que o marido da vice “mama numa teta de olho noutra”, referindo-se ao fato de Barros ser da base da presidenta Dilma, em Brasília, e do governo Richa, no Paraná.

Barros, que é vice-líder do governo Dilma Rousseff na Câmara, visitou a Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (13), quando deu a sapecada em Richa.

O deputado do PP, além de marido da vice, é irmão do secretário do Planejamento, Silvio Barros II (PHS) e padrinho do secretário de Meio Ambiente, Ricardo Soavinski.