Fruet dá calote em salário e servidores da Urbs deflagram greve 2ª feira

Publicado em 24 julho, 2015
Compartilhe agora!

fruet_urbsO prefeito Gustavo Fruet (PDT) está sendo acusado de aplicar calote no salário de 1,3 mil funcionários da Urbs — empresa que gerencia o transporte e o trânsito na capital paranaense. Por isso, a categoria aprovou hoje (24), por unanimidade, a deflagração de greve a partir de segunda-feira, dia 27.

De acordo com o SindiUrbano, o sindicato da categoria, Fruet está cada vez mais parecido com seu ex-colega de ninho Beto Richa (PSDB), governador do Paraná.

A motivação da greve foi o fato de a Urbs não pagar salários, vale alimentação e da cesta de alimentos até a data estipulada pelo Acordo Coletivo de Trabalho e ter apresentado uma contraproposta que não atende às reivindicações dos trabalhadores.

O Blog do Esmael apurou que Fruet propôs parcelar a dívida em crediário de cinco vezes, tal qual fez Beto Richa com os professores da rede pública do Paraná.

A paralisação dos funcionários da Urbs afetará os serviços de fiscalização de trânsito da cidade e do EstaR, do transporte coletivo e a venda de passe aos estudantes.

Compartilhe agora!

Comments are closed.