Coluna do Rafael Greca: Curitiba, a Luz e o apagão