Beto Richa reforça segurança pessoal com 40 novos policiais militares

Publicado em 10 julho, 2015

Professora comenta ao Blog do Esmael o acréscimo de 40 policiais militares na guarda pessoal de Beto Richa, que agora tem 275 PMs fazendo a segurança dele: "Tem medo, mas não tem vergonha".
Professora comenta ao Blog do Esmael o acréscimo de 40 policiais militares na guarda pessoal de Beto Richa, que agora tem 275 PMs fazendo a segurança dele: “Tem medo, mas não tem vergonha”.
O governador Beto Richa (PSDB) resolveu reforçar a própria segurança adicionando 40 novos policiais à “guarda pretoriana”, denominada Casa Militar da Governadoria do Estado, responsável, principalmente, pela Guarda do Palácio Iguaçu.

No decreto nº. 1823 publicado ontem (9) no Diário Oficial do Estado, o tucano informa que sua guarda pessoal agora contará com 275 (duzentos e setenta e cinco) PMs.

.

A título de comparação, a maioria dos pequenos municípios, em média, tem apenas dois policiais para a segurança da população. Muitas cidades do interior, inclusive, não tem nenhum PM e os moradores dependem do policiamento de municípios vizinhos.

O decreto de Richa elevando o número de policias na “guarda pretoriana” coincide com o assalto sofrido ontem (9) pelo ex-vice-governador, Flavio Arns (PSDB), atual secretário de Assuntos Estratégicos, e intensos protestos de professores.

Também no dia de ontem (9), por exemplo, educadores reacenderam manifestações pelo “Fora Beto Richa” nos municípios de Figueira e Jacarezinho (clique aqui).

.

Uma professora comentou ao Blog do Esmael o aumento de policiais na guarda pessoal de Beto Richa: “Tem medo, mas não tem vergonha”.

A seguir, leia a íntegra do decreto que reforça a segurança do governador Beto Richa:

Publicado no Diário Oficial nº. 9489 de 9 de Julho de 2015

.

Súmula: Acresce em 40 (quarenta) a quantidade de Funções Privativas Policiais da Casa Militar da Governadoria do Estado.

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, e o art. 10, da Lei nº 17.172, de 24 de maio de 2012, e tendo em vista o contido no protocolado sob nº 13.563.417-4,

DECRETA:

.

Art. 1.º A quantidade de Funções Privativas Policiais da Casa Militar da Governadoria do Estado, previstas no anexo V da Lei nº 17.172, de 24 de maio de 2012, ficam acrescidas em número de 40 (quarenta), na conformidade do Anexo deste Decreto, totalizando 275 (duzentas e setenta e cinco) funções privativas policiais.

Parágrafo único O acréscimo de Funções Privativas Policiais da Casa Militar da Governadoria do Estado de que trata o caput deste artigo fica condicionada à disponibilidade orçamentária do Órgão no exercício financeiro corrente.

Art. 2.º A concessão das funções privativas policiais, em decorrência do acréscimo das quantidades determinadas por este Decreto, deverá ser concretizada por ato do Secretário-Chefe da Casa Militar, com efeitos financeiros a partir de 1º de junho de 2015.

.

Art. 3.º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Curitiba, em 08 de julho de 2015, 194º da Independência e 127º da República.

CARLOS ALBERTO RICHA
Governador do Estado

.

EDUARDO FRANCISCO SCIARRA
Chefe da Casa Civil

ADILSON CASTILHO CASITAS
Chefe da Casa Militar

WAGNER MESQUITA DE OLIVEIRA
Secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária

Comments are closed.