28 de julho de 2015
por Esmael Morais
1 Comentário

Saída de secretário petista do governo Fruet antecipa debate sobre 2016 em Curitiba

massudaConforme o Blog do Esmael adiantou na semana passada, foi confirmada nesta terça-feira (28) a saída do médico Adriano Massuda (PT) da Secretaria da Saúde de Curitiba. Ele aceitou o convite do ministro da Saúde, Arthur Chioro, para assumir a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério. ... 

Leia mais

28 de julho de 2015
por Esmael Morais
4 Comentários

Veja essa: Concessionárias dizem que soja e milho subiram mais que pedágio no Paraná

tarifaA Associação Brasileira das Concessionarias de Rodovias (ABCR), em informe publicitário publicado nesta terça-feira (28), em veículos de imprensa do estado do Paraná, afirmou que o preço da soja e milho subiu mais que as tarifas do pedágio. ... 

Leia mais

28 de julho de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Michel Temer vem aí lançar Requião Filho à Prefeitura de Curitiba

reqfilhoO vice-presidente da República e presidente nacional do PMDB, Michel Temer, desembarca em Curitiba no próximo dia 15 de agosto para o lançamento da pré-candidatura do deputado Requião Filho à Prefeitura da capital paranaense. ... 

Leia mais

28 de julho de 2015
por Esmael Morais
23 Comentários

Nesta quarta, professores protestam pelos 3 meses do massacre e 50 anos de Richa

aniversarioO governador Beto Richa (PSDB) completa 50 anos nesta quarta-feira, dia 29, coincidindo com a passagem de três meses desde o massacre contra os professores e servidores do estado promovido por ele e sua equipe para garantir o confisco da previdência do funcionalismo. ... 

Leia mais

28 de julho de 2015
por Esmael Morais
21 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: Prefeito, faz um favor? Não faça nada!!!

lutiMarcelo Araújo*

Nosso prefeito sofre duras críticas por fazer uma administração pífia, fraca, sem realizações, omissa. Ele mesmo já admitiu que sua estratégia é apenas não se envolver em escândalos. Depois da notícia que vou comentar hoje, em vez de criticar essa postura estática e seu estado de latência, eu venho aqui pedir, ou melhor implorar, NÃO FAÇA NADA!

Estou chegando a conclusão que é mais seguro para a cidade que o prefeito se preocupe apenas em não responder ações criminais e escândalos, somente ações civis públicas como ele mesmo afirmou no jantar do Instituto dos Advogados, e procure repousar e torcer para que cada minuto não dure mais que 30 segundos. Minha preocupação é que o próximo prefeito gaste muito tempo, e mais dinheiro, desfazendo as (des) obras. Vamos à última.

A tal ciclofaixa da Marechal Floriano foi duramente criticada na campanha eleitoral, e muito ironizada pelo anãozinho filho do Gepetto (Pinóchio), o qual deitou-se nela para dizer que era pequena, estreita. Vamos a um momento mais pretérito, em outubro de 2007  nosso amigo Goura pintava uma ciclofaixa com as próprias mãos na Augusto Stresser em protesto.

Hoje o candidato do anão é prefeito e o Goura está na coordenação de mobilidade da SETRAN. Espero que o convite para integrar o governo (como o Danilo e o Miranda) não tenha sido apenas para adoçar os lábios dos cicloativistas para o beijo da morte.

Pois agora a prefeitura anuncia que vai colocar faixas de estacionamento ao lado direito da ciclofaixa da Marechal cedendo a uma suposta pressão dos comerciantes por vagas de estacionamento. Sim, essa pressão existe porque na condição de Secretário eu estive na região e sei o que se enfrentou para implantar a ciclofaixa. Leia mais

28 de julho de 2015
por Esmael Morais
2 Comentários

Coluna do Enio Verri: Jornada de Agroecologia defende terra livre de latifúndios, transgênicos e agrotóxicos

agroecologiaEnio Verri*

Por uma Terra Livre de Latifúndios, Sem Transgênicos e Sem Agrotóxico e pela construção de um Projeto Popular e Soberano para a Agricultura! O mote que permeou a 14ª Jornada da Agroecologia, sediada em Irati durante a última semana, reitera a força dos movimentos sociais do campo contra a hegemonia do agronegócio.

Organizado pela via campesina, que reúne movimentos sociais brasileiros e de diversos países da América Latina, a 14ª Jornada não refere-se apenas ao debate sobre agricultura, como também, a um manifesto a favor da reforma agrária, sustentabilidade, qualidade na produção dos alimentos e de vida dos camponeses.

Um evento que coloca frente a frente lideranças sociais e políticas, pesquisadores, cientistas em prol das lutas do campo por uma sociedade mais justa e inclusiva, a partir do combate aos excessos do agronegócio e o desenvolvimento da agroecologia.

Defender a agroecologia nada mais é do que valorizar os pequenos e médios produtores rurais – que segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) representam cerca de 85% do total.  Trabalhadores responsáveis pelos alimentos das feiras, mercados, merendas escolares que consumimos todos os dias. Leia mais