Governador Beto Richa ‘corta’ salário de professores no período da greve; clima de revolta na categoria

Publicado em 29 junho, 2015
Compartilhe agora!

Richa_Massacre29Dezenas de educadores entraram em contato com o Blog do Esmael para denunciar corte indiscriminado nos salário de professores e servidores de escolas. A navalha afiada pegou os grevistas e não grevistas, segundo relatos iniciais.

As manifestações são de consternação, indignação, revolta com o governador Beto Richa (PSDB) que presenteou o magistério, neste dia 29 de abril, dois meses depois do massacre, com o desconto nos contracheques (que já podem ser visualizados na internet).

“Mesmo a nossa greve não sendo considerada ilegal, o governador descontou cerca de 20% dos salários de milhares de professores e funcionários públicos”, protestou Rui Valese, professor de Filosofia, Mestre e Doutor em Educação.

A explicação é que o governo deu falta para todos os educadores cujos diretores não enviaram o Relatório Mensal de Frequência (RMF). A promessa é que os valores serão ressarcidos em fevereiro, depois da reposição das aulas.

Compartilhe agora!

Comments are closed.