Gleisi garante novamente a cota de US$ 300 para compras no Paraguai

Compartilhe agora!

paraguaiA senadora Gleisi Hoffmann (PT) conseguiu negociar a manutenção da cota de US$ 300 para compras de turistas brasileiros em visita por terra ao Paraguai.

O Itamaraty já estava tratando com o país vizinho a manutenção da taxa no Mercosul sobre vendas de produtos lácteos. Eles aceitaram. Assim, o Ministério da Fazenda vai prorrogar a entrada em vigor da portaria que diminuía a cota para US$ 150.

A redução da cota estaria vinculada ao estabelecimento de “freeshops” na região de fronteira. “Estamos agora definindo o prazo. Defendi que a prorrogação da cota atual seja por mais um ano, para dar tempo de regulamentar os freeshops. Fechado esse assunto, uma nova portaria será publicada,” afirmou.

A senadora Gleisi vem trabalhando o assunto desde ano passado. Ela já conseguiu reverter a redução da cota no ano passado, quando estava no Paraguai, em audiência com o presidente Cartes.

Em março, Gleisi acompanhou uma comitiva que reuniu-se com o ministro Joaquim Levy (Fazenda) e Jorge Rachid (Receita Federal). Ela também tratou da matéria com o ministro das Relações Exteriores Mauro Vieira e com Marco Aurélio Garcia, assessor para assuntos internacionais da Presidência da República.

Segundo a senadora, manter a cota em US$ 300 é importante para o comércio e turismo em nossa região de fronteira.

Compartilhe agora!

Comments are closed.