17 de junho de 2015
por Esmael Morais
15 Comentários

O Paraná se levanta pela ‘sexta aula’ na reposição da greve; assista ao vídeo

Cerca de mil pessoas de três colégios protestaram no começo da noite desta quarta-feira (17), em Curitiba, pela ‘sexta aula’ na reposição da carga horária perdida com a greve dos educadores.

O governador Beto Richa (PSDB) proibiu que as escolas adotassem uma aula adicional e determinou que as reposições ocorressem aos sábados. A comunidade escolar entendeu como um “calendário de punição”.

Assista ao vídeo

A intransigência do tucano e da Secretaria de Estado da Educação (SEED) pode ser mais um novo tiro de canhão no pé, que está por vir. O tema une pais, alunos e professores.

Hoje à noite, a mobilização dos colégios São Pedro Apóstolo, Nossa Senhora Aparecida e João Paulo II — todos da região Sul da capital — é apenas uma mostra da panela de pressão que está prestes explodir em todo o Paraná.

Os diretores das escolas devem enviar a proposta de calendário letivo de cada escola com as reposições aos Núcleos Reginais de Educação até a próxima sexta-feira, dia 19 de junho. Até lá, todos esperam que o governo se sensibilize a altere os critérios possibilitando a ‘sexta aula’ e outras alternativas de reposição.

Leia mais

17 de junho de 2015
por Esmael Morais
13 Comentários

Governo tem caixa para pagar 8,17% de reajuste, mas Richa diz “NÃO” a professores e servidores

mauro_ricardo_alepO interventor do PSDB nacional nas finanças do Paraná, Mauro Ricardo Costa, secretário da Fazenda, nesta quarta-feira (17), não desmentiu na audiência pública na Assembleia Legislativa que pretende “transferir ativos” (privatizar, em tucanês) da Companhia Paranaense de Energia (Copel) e da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná). ... 

Leia mais

17 de junho de 2015
por Esmael Morais
10 Comentários

Após 25 anos na Câmara Federal, Bolsonaro aprova sua 1ª emenda

bolsonaroJair Bolsonaro (PP-RJ) acaba de completar 25 anos ininterruptos como deputado federal em Brasília. O experiente parlamentar, na noite de terça-feira, comemorou pela primeira vez na vida a aprovação preliminar de uma proposta de emenda constitucional (PEC) de sua autoria.

“Sou completamente discriminado porque eu sou um homem de direita”, afirma. “Alguns projetos eu dou para (outro) deputado apresentar porque, se pintar meu nome, não vai para frente” – ele não informou quais teriam sido estes projetos.

Por 433 votos a favor e 7 contra, a Câmara dos Deputados aprovou ontem uma PEC que prevê emissão de “recibos” junto ao voto nas urnas eletrônicas. O texto, que precisa passar novamente pela Câmara e depois pelo Senado para ser promulgado, permite a recontagem manual dos votos em caso de suspeita de fraude. Leia mais

17 de junho de 2015
por Esmael Morais
39 Comentários

Ao vivo: Assembleia põe interventor nacional do PSDB contra a parede; cadê o dinheiro do Paraná?

Transmissão encerrada às 17h50.

O interventor nacional do PSDB nas finanças do Paraná, Mauro Ricardo Costa, secretário de Estado da Fazenda (Sefa), será inquirido sobre o caixa do estado durante audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná.

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite a sessão ao vivo para o Brasil e o mundo.

Parlamentares oposicionistas desconfiam que o secretário Mauro Ricardo esteja omitindo a situação financeira do estado para chancelar calote na reposição salarial. O governo Beto Richa (PSDB) se nega a cumprir a lei, que o obriga 8,17% ainda este ano. O tucano propõe apenas 3,45% em outubro.

Costa foi orientado pelo Palácio Iguaçu a pedir um “habeas corpus preventivo” na Justiça, assim como fez o presidente do IAP (Instituto Ambiental do Paraná), Leia mais

17 de junho de 2015
por Esmael Morais
26 Comentários

Até deputado do PSDB critica Beto Richa pelo ‘tarifaço’ na conta de luz

O deputado estadual Mauro Moraes (PSDB), não é da oposição, mas também se indignou com o novo aumento de 14,62% na conta de luz da Copel (Companhia Paranaense de Energia). Só neste ano, o governo Beto Richa (PSDB) tungou em 51% o bolso dos consumidores reajustando este insumo tão importante ao desenvolvimento e ao conforto dos paranaenses.

Pelo Twitter, o deputado tucano protestou contra o ‘tarifaço’ do governador correligionário:

O deputado Mauro Moraes tem razão em seu solitário grito no ninho tucano, pois, o governador Beto Richa teria a opção de REJEITAR o tarifaço como sempre fazia o então governador Roberto Requião (PMDB).

No entanto, o governador preferiu colocar o Paraná na contramão haja vista que o estado do Rio Grande do Sul reduziu a tarifa da energia em 4,22%. Os gaúchos pediram para baixar o preço do insumo porque suas usinas já estão amortizadas (pagas). Isto [a redução] ajuda na competitividade dos produtos do Rio Grande.

As usinas do paranaenses também já estão pagas, mas, para satisfazer a fome de lucro dos sócios privados, a Copel sempre pede aumentos e mais aumentos nas tarifas.

As informações de aumento e redução na conta de luz são oficiais e públicas, divulgadas ontem (16) pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

O deputado Mauro Moraes tem razão: é um absurdo!

Leia mais

17 de junho de 2015
por Esmael Morais
23 Comentários

Pais, alunos e professores protestam contra “calendário de punição” de Beto Richa na reposição de aulas

reposicao_profs

A reposição das aulas perdidas no período da greve na rede pública estadual de ensino está se tornando um novo cavalo de batalha dos professores, pais e alunos contra o governo Beto Richa (PSDB). Hoje à noite, às 19 horas, no Colégio São Pedro Apóstolo, comunidades de várias escolas da região Sul da realizam um protesto contra o tucano.

A manifestação tem como objetivo pressionar o governo a permitir a realização da ‘sexta aula’ como forma de reposição.

Os professores estão chamando o esquema de “calendário de punição”, pois, segundo eles, os profissionais que não participaram da greve estão desobrigados a repor conteúdos, mesmo que seus alunos não tenham assistido as aulas. Leia mais

17 de junho de 2015
por Esmael Morais
20 Comentários

Coluna do Reinaldo Almeida César: ‘Gaeco dê uma olhada nos contratos de alimentação para os presos’

Reinaldo Almeida César*

Certa feita, o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que preferia morrer a cumprir pena nos presídios medievais brasileiros. Se ele conhecesse as carceragens da Polícia Civil no Paraná, certamente pediria para abreviar ainda mais esta morte.

O preso em delegacia de polícia deve lá permanecer, apenas e tão somente por um tempo mínimo, enquanto o inquérito policial não for concluído ou interessar para a investigação.

Passado este tempo mínimo, o detento deve ser imediatamente transferido para uma unidade prisional mantida pelo Estado, no sistema prisional.

Para isso, o governo deve investir no sistema, construir presídios, abrir concursos e estruturar, com segurança e boa remuneração, a carreira do agente penitencário. Deve liberar os investigadores da Polícia Civil para as atividades que lhes são próprias, na polícia judiciária, na investigação e no cumprimento dos mandados de prisão. No Paraná, já são mais de 25.000 mandados de prisão em aberto.

Delegacia de polícia deve ser local para acolher pessoas aflitas que buscam atendimento. Ninguém vai à distrito policial para fazer turismo ou tirar selfie. Vai porque está em desespero, em busca do amparo policial. A delegacia de polícia não pode ser um mini-presídio, sempre pronto à convulsões, enquanto a sociedade assiste, apavorada, fugas de encarcerados saindo pelos telhados e muros das delegacias, a todo instante.

Sempre me posicionei de forma pública e muito crítica pelo descaso do governo do Paraná com esta questão.

A imprensa registrou, no dia da minha saída da SESP, que ela tinha sido motivada também por acentuadas divergências que eu tinha, nesta questão, com a equipe da Secretaria de Justiça. Pura verdade.

Lembro-me de certa ocasião, um final de tarde de sábado, quando recebi um telefonema do então delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Michelotto, me relatando indignado que acabara de haver recebido, também por telefone, uma reprimenda do ajudante de ordens do Governador, o Capitão PM Zancan, porque o governador tinha acabado de passar em frente ao 9º Distrito policial na Santa Quitéria e não tinha gostado de ver faixas do sindicato protestando contra o excesso de presos na carceragem.

Na segunda-feira pela manhã, de forma respeitosa mas muito firme, foi a minha vez de apresentar queixa e reflexão ao governador. Queixa, porque não se recomenda, na liturgia de cargos, que um ajudante de ordens chame às falas o chefe da Polícia Civil. Reflexão, porque disse à Sua Excelência, que os sindicalistas da Polícia Civil estavam certos.

Fico agora, feliz e entusiasmado com a posição do Ministério Público do Paraná, em vias de colocar um freio de arrumação neste descalabro, expedindo recomendações e cobrando cronograma de solução da SESP.

Aliás, agora depende somente da SESP, pois ela tem a faca e o queijo na mão, na medida em que o governo reuniu, numa canetada só, segurança pública e execução penal num único lugar. Basta a SESP, ela mesma, mais ninguém, abrir as portas do sistema penitenciário e esv Leia mais

17 de junho de 2015
por Esmael Morais
16 Comentários

Palácio Iguaçu sugere “habeas corpus preventivo” a secretário da Fazenda

Sete deputados da oposição ingressaram ontem com uma representação no Ministério Público contra o secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, por improbidade administrativa. O interventor nacional do PSDB nas finanças do Paraná, importado da Bahia, é acusado de não prestar contas do primeiro quadrimestre, conforme determina a lei.

O titular da Fazenda participará hoje à tarde, às 13h30, de uma audiência pública na Assembleia Legislativa.

Costa foi orientado pelo Palácio Iguaçu a pedir um “habeas corpus preventivo” na Justiça, assim como fez o presidente do IAP (Instituto Ambiental do Paraná), Luiz Tarcísio Mossato Pinto, que continuou no cargo apesar de investigações do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, vai transmitir a sessão ao vivo para o Brasil e o mundo.

Os parlamentares oposicionistas desconfiam que o secretário Mauro Ricardo esteja omitindo a situação financeira do estado justamente para dar calote na reposição salarial. O governo Beto Richa (PSDB) se nega a cumprir a lei, que o obriga 8,17% ainda este ano. O tucano propõe apenas 3,45% em outubro.

Leia a íntegra da representação contra o Secretário da Fazenda:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2015/06/MP_Mauro_Ricardo.pdf

Leia mais

17 de junho de 2015
por Esmael Morais
29 Comentários

Dilma se posiciona contra redução da maioridade penal às crianças

do Brasil 247
Dilma_ReducaoA presidente Dilma Rousseff estampou em sua página no Facebook imagem de capa contra a redução da maioridade penal, marcando sua posição contrária ao projeto em tramitação no Congresso.

Leia mensagem de Dilma, seguida de um vídeo sobre o assunto:

#‎ReduçãoNãoÉSolução‬ A redução da maioridade será um enorme erro para o Brasil, um grande passo para trás para um país que tem sido um líder quando o assunto é legislação que protege o direito das crianças. É o que afirma Daniel Wilkinson, diretor para as Américas da Human Rights Watch. A organização internacional de direitos humanos defende que a medida viola obrigações assumidas pelo País em tratados internacionais e tem como base falsas premissas, como a de que estaríamos nos igualando a diversos países. “São poucos os que julgam crianças como adultos”, explica Wilkinson. Confira no vídeo! Leia mais