PT de Curitiba debate ‘rompimento ou não’ com Fruet no dia 23 de maio

Compartilhe agora!

fruet_pt_2016

O Partido dos Trabalhadores iniciará, no próximo dia 23 de maio, em Curitiba, às discussões sobre o possível rompimento com a gestão do prefeito Gustavo Fruet (PDT).

Os petistas curitibanos debaterão as teses pré-5º Congresso municipal do partido. A instância não tem poder de decisão, mas sinalizará o rumo que a legenda tomará nas eleições de 2016.

Se prevalecer a tendência pelo rompimento com Fruet, ideia que hoje tem forte apelo na agremiação, o PT necessariamente lançará candidatura própria à Prefeitura de Curitiba.

Além da atual vice-prefeita Mirian Gonçalves, entre os petistas se discute ainda os nomes do ex-deputado federal Ângelo Vanhoni, da senadora Gleisi Hoffmann e do deputado estadual Tadeu Veneri.

Entre petistas e pedetistas se fala que um possível “rompimento” não seria um mau negócio para ambos. Tanto PT quanto Fruet veem um ao outro como “aliado incômodo” para 2016. Isto é, a manutenção da aliança configurar-se-ia num verdadeiro “perde-perde”. Portanto, haveria o “afastamento” no primeiro turno e o relacionamento seria “reatado” na segunda etapa eleitoral.

Como diria o Garrincha, só falta combinar com o povo.

Compartilhe agora!

Comments are closed.