NF liga delator de propina na Receita Estadual à reeleição de Richa

nf_richaO auditor fiscal Luiz Antônio de Souza, da Receita Estadual, nesta segunda-feira (18), conseguiu provar sua ligação com a campanha de reeleição do governador Beto Richa (PSDB). Ele mostrou notas fiscais da compra de divisórias do comitê eleitoral do PSDB, em Londrina, nas eleições de 2014. Os documentos foram veiculados esta noite pela RPC TV.

Assista ao vídeo

Souza havia delatado ao Ministério Público esquema de propina, no valor de R$ 2 milhões, que teria irrigado a campanha de reeleição de Richa. O tucano rebateu a denúncia, neste fim de semana, por meio de um vídeo distribuído na internet.

“Pegaram um criminoso, réu confesso, preso por abuso de menores pra me acusar sem nenhuma prova. Coisa de bandido”, atacou o governador do PSDB com o intuito de desqualificar o denunciante.

De acordo com reportagem de Fábio Silveira, do blog Baixo Clero, agasalhado no Jornal de Londrina, “a nota está em nome de Luiz Antônio de Souza e é uma comprovação do que ele disse a respeito desse episódio ao MP no acordo de delação premiada”.

Comentários encerrados.