Justiça condena Richa a devolver R$ 2 milhões por contrato ilegal

richa_helicoptero_requiaoTwitterO número 2 parece perseguir o governador Beto Richa (PSDB). Primeiro veio a denúncia de R$ 2 milhões de propina, via Receita Estadual, para a sua reeleição. Depois contra a primeira-dama, Fernanda Richa, que também teria pedido R$ 2 milhões para promover auditores fiscais.

Agora, cabalisticamente, surge novamente o número. O juiz Guilherme de Paula Rezende, da 4.ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, condenou ontem (21) o governador a devolver R$ 2.082.150 ( dois milhões, oitenta e dois mil e cento e cinquenta reais) aos cofres públicos.

Além do tucano, foram condenados solidariamente a empresa Helisul Táxi Aéreo Ltda e o chefe da Casa Militar, Adilson Castilho Casitas.

A bronca tem a ver com o contrato de aeronaves em regime de emergência, sem licitação no ano de 2011.

Antes desta sentença do magistrado, o senador Roberto Requião (PMDB) sempre espezinhou o governador do PSDB sobre seu gosto pelos aviões de rosca.

Leia a íntegra da decisão judicial:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2015/05/sentenca_helicopteros.pdf

Comentários encerrados.