Governo não apresenta proposta e greve dos professores continua

Publicado em 12 maio, 2015
Compartilhe agora!

greveservOs sindicatos que compõem o Fórum das Entidades Sindicais (FES), estiveram reunidos na manhã desta terça-feira (12) com a secretária da Administração e Previdência do Estado, Dinorah Nogara, para tratar da data-base dos servidores estaduais que é em maio. O reajuste anual de 8,15% é a principal reivindicação dos servidores da educação básica e das universidades estaduais em greve há duas semanas.

Acontece que o governador Beto Richa (PSDB) mais uma vez não apresentou nenhuma proposta e “mandou dizer” pela secretária Dinorah que só vai propor algum índice de reajuste daqui a uma semana, no dia 19 de maio. Em resposta, os servidores exigiram uma proposta concreta até quinta-feira (14) e disseram que não vão mais se reunir com quem não tenha condições de negociar a pauta de reivindicações.

A secretária de finanças da APP-Sindicato, professora Marlei Fernandes, afirmou ao Blog do Esmael, que a greve dos educadores continua, que os comandos de greve vão se reunir a partir de amanhã, mas não há assembleia da categoria marcada. “Não vamos convocar assembleia enquanto não houver proposta, isso é uma falta de respeito do governo com os servidores e com a lei da data-base que existe desde 2007”, completou Malei.

Os professores e servidores das universidades estaduais que também estão em greve têm assembleias marcadas para hoje e amanhã, mas sem proposta do governo, eles também devem continuar paralisados.

Compartilhe agora!

Comments are closed.