Por Esmael Morais

Educadores planejam barrar agenda da filha da vice-governadora nos NREs

Publicado em 04/05/2015

“Ela se diz integrante do Conselho Estadual de Educação, votou contra os professores e agora quer tentar amenizar o lado dela. Ela pretende passar nos núcleos regionais, chamar os diretores para um conversa e ganhar mídia”, critica Paulino.

Ele estende as críticas feitas à Maria Victoria a todos os deputados que votaram pela aprovação do projeto. “Ela é uma traidora. Ela e todos os deputados que votaram a favor”, acrescenta Paulino.

Não será fácil a vida dos deputados que votaram a favor do confisco da previdência e se calaram perante o massacre dos professores e servidores. O cálculo político de que seria melhor votar com o governador Beto Richa (PSDB) para não perder as benesses do governo pode ter sido um tiro no pé. A revolta dos paranaenses vai manchar a carreira política de todos que foram coniventes com essa barbárie.

Com informações do Blog de Laís Laíny.