Por Esmael Morais

Alvíssaras: Caiu o limite prudencial de gastos com pessoal no governo Richa

Publicado em 30/05/2015

O oposicionista contesta alerta do governo Richa veiculado na “imprensa paga” de que o limite prudencial foi atingido com gasto de pessoal. “Esse alerta tinha validade em dezembro de 2014, agora não mais porque a arrecadação aumentou e os gastos diminuíram. Dinheiro tem para pagar o reajuste dos educadores. Falta boa vontade do governador e esperamos que ela surja”.

A tese do deputado é compartilhada pelo economista Cid Cordeiro, especialista em contas públicas, enviou um relatório detalhado das finanças do estado nesse quadrimestre. Segundo ele, o governo tem caixa suficiente para repor a perda inflacionária dos servidores públicos. O valor estimado pelo reajuste de 8,17% é de R$ 1,08 bilhão, contabiliza.

Leia a íntegra do relatório do economista Cid Cordeiro:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2015/05/Pessoal_LRF.pdf