18 de Maio de 2015
por esmael
18 Comentários

NF liga delator de propina na Receita Estadual à reeleição de Richa

nf_richaO auditor fiscal Luiz Antônio de Souza, da Receita Estadual, nesta segunda-feira (18), conseguiu provar sua ligação com a campanha de reeleição do governador Beto Richa (PSDB). Ele mostrou notas fiscais da compra de divisórias do comitê eleitoral do PSDB, em Londrina, nas eleições de 2014. Os documentos foram veiculados esta noite pela RPC TV. Leia mais

18 de Maio de 2015
por esmael
20 Comentários

Oposição ‘federaliza’ investigação de propina na reeleição de Richa

oposicao_richaA bancada de oposição na Assembleia Legislativa do Paraná, formada sete deputados, ‘federalizou’ nesta segunda-feira (18) a investigação de crimes eleitorais cometidos pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo denúncia do auditor Luiz Antônio de Souza, o tucano recebeu R$ 2 milhões oriundos do esquema de corrupção na Receita Estadual de Londrina.

Os parlamentares oposicionistas protocolaram hoje representação no Ministério Público Federal pedindo a instauração de inquérito pela Polícia Federal.

“Além dos R$ 2 milhões sem a devida contabilização e declaração à Justiça Eleitoral, havendo indícios de caixa dois, o auditor contou também que as divisórias do comitê de Beto Richa em Londrina foram pagas pelo próprio Luiz Antônio de Souza – com nota fiscal emitida em seu nome”, diz o documento.

18 de Maio de 2015
por esmael
25 Comentários

100 mil vão às ruas de Curitiba nesta terça pelo “Fora Beto Richa”

alep_forabetorichaCentenas de professores e educadores em greve ensaiam na tarde desta segunda-feira (18), no saguão da Assembleia Legislativa, o principal coro que será entoado por mais de cem mil vozes na capital de todos os paranaenses: “Fora, Beto Richa!”.

Assista ao vídeo:

Segundo a coordenação de mobilização da poderosa APP-Sindicato, será a maior mobilização já realizada no estado em defesa da educação e dos serviços públicos aviltados pelo governador Beto Richa (PSDB).

O Blog do Esmael vai transmitir a manifestação ao vivo, em parceria com a TV 15, a partir das 9 horas.

Os educadores perceberam de sua importância ao elevar o tom do debate neste fim de semana, pois a questão salarial, de reajuste da data-base, acabou ficando pequena diante da nova responsabilidade que a realidade impôs à categoria: tirar o tucano do Palácio Iguaçu. Motivos para isso não faltam, haja vista a denúncia de propina da Receita Estadual na campanha de reeleição de Richa.

18 de Maio de 2015
por esmael
25 Comentários

Beto Richa “afrouxa a tanga” e recua de 5% parcelado na véspera da marcha dos professores

richa_nota_zeroEm tempos de propina, o governador Beto Richa (PSDB) “afrouxou a tanga” nesta segunda-feira, véspera da megamarcha de professores e servidores públicos do Paraná. O tucano retirou o ‘pacote de maldades’ da pauta da Assembleia Legislativa, que consistia em mensagem que concedia 5% de reajuste em duas vezes, além de punição aos educadores. No entanto, ainda não apresentou nada de concreto no lugar. Leia mais

18 de Maio de 2015
por esmael
15 Comentários

Ao vivo: Repercussão na Assembleia da greve e propina na campanha de Richa

O Blog do Esmael transmite ao vivo nesta segunda-feira (18), em parceria com a TV 15, a sessão da Assembleia Legislativa do Paraná. O objetivo é repercutir na Casa a denúncia de que R$ 2 milhões em propinas da Receita Estadual financiaram a reeleição do governador Beto Richa (PSDB).

Transmissão encerrada às 17h20 (abaixo, veja como foi).

Além disso, também deverá fazer parte dos debates dos deputados a greve dos educadores completa hoje 24 dias. O movimento recrudesceu em virtude da intransigência do governador tucano, que encerrou negociações com a APP-Sindicato e ameaçou punir os grevistas.

Amanhã, dia 19, diversas categorias deveram marchar do centro de Curitiba rumo ao Centro Cívico. Na região ficam localizados o Palácio Iguaçu e a Assembleia. Richa já disse que não fica por ali. Preferiu uma agenda em Brasília. Portanto, sobrou para os deputados que terão de recepcionar os manifestantes.

O Blog do Esmael também vai transmitir a megamarcha ao vivo em parceria com a TV 15.

Veja como foi a sessão na Assembleia:

18 de Maio de 2015
por esmael
19 Comentários

Educadores põem em xeque o mandato do governador Beto Richa

hermes_profsEsta segunda-feira (18) começou quente na capital e no interior do estado, pois professores e funcionários de escolas em greve realizam atos em frente os 32 Núcleos Regionais de Educação (NREs) e panfletagem para convocar a população à megamarcha de amanhã, terça-feira, dia 19, rumo ao Centro Cívico.

A ideia é trazer outros setores da sociedade para a rua, em apoio à greve no magistério. A prioridade da coordenação é chamar pais e alunos, que apoiam em massa os mestres paranaenses.

O fim de semana também foi bastante intenso em todo Paraná. Os educadores promoveram em várias cidades passeatas com o mote “Fora Beto Richa, impeachment já!”. Foi o caso de Irati, na região Sul, Fazenda Rio Grande, na região metropolitana, e Curitiba.

18 de Maio de 2015
por esmael
9 Comentários

TJ-PR julga hoje a volta de Maurício Requião ao Tribunal de Contas

mauricioO Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) julga nesta segunda-feira (18), a partir das 13h30, mandado de segurança impetrado pelo ex-secretário de Educação, Maurício Requião, que pode reconduzi-lo à vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE) para a qual foi eleito em 2008.

O desembargador Antonio Loyola Vieira é o relator do processo que pode afastar o atual presidente do TCE Ivan Bonilha, que ocupa a vaga que era de Maurício.

Em 2008, a Assembleia Legislativa do Paraná elegeu o irmão do então governador Roberto Requião (PMDB) para ocupar uma vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Contra sua nomeação foram impetradas duas Ações Populares.

18 de Maio de 2015
por esmael
28 Comentários

Coluna da Gleisi Hoffmann: O massacre da educação, o machismo do PSDB e a representação contra o presidente tucano na Câmara

Gleisi Hoffmann*

O deputado Valdir Rossoni, presidente do PSDB do Paraná, tratou de maneira desrespeitosa e até violenta a professora Adriane Sobanski nas redes sociais neste sábado. Na falta de argumentos, mandou mensagem pelo Facebook chamando-a de “biscate”.

A atitude do deputado não é inédita. Em 2010 chamou a estudante Vanessa Brito, pelo Twitter, de “mal amada”. Seu colega de partido, que o sucedeu na presidência da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, faz questão de postar fotos na rede ladeado por assessoras, querendo mostrar poder e virilidade.

Parece da gene de comandantes do PSDB a subjugação das mulheres. As atitudes dos deputados são coerentes com a postura do governador Beto Richa de querer justificar e tratar como normal o massacre aos professores, no dia 29 de abril. Aliás, professoras, porque as mulheres são maioria nesta categoria profissional. Assim como são maioria as trabalhadoras na educação e uma porção muito grande em outras áreas do funcionalismo. As vítimas na praça no dia 29 de abril foram, em sua maioria, as mulheres.

A violência, física ou verbal, é inaceitável. Contra a mulher, a violência é ainda pior. Quando essa agressão parte de um parlamentar, que se vale da sua condição para intimidar ou atacar a vida pessoal de alguém, temos a combinação de violência covarde com abuso de poder. Assim como quando parte de um governador, cuja obrigação é defender e dar condições de trabalho ao funcionalismo, mas autoriza a agressão, sabendo, inclusive, que se tratava de uma manifestação pacífica e majoritariamente feminina.

Atitudes como essas não podem ser ignoradas, toleradas nem chanceladas. Não podem ser reduzidas a “mal entendidos” ou ser silenciadas com pedidos vazios de desculpas, que legitimam que outras agressões sejam cometidas diariamente contra as mulheres em suas mais distintas e perversas faces.

Como diz o antropólogo Matthew Gutmann, em uma ótima entrevista que deu ontem à Folha de São Paulo: “Enquanto pensarmos que comportamentos masculinos como agressividade ou apetite sexual (como motivo para estupro) são biológicos, perderemos o foco das questões sociais e culturais, que são as que precisam ser resolvidas… Os homens só se comportarão de forma diferente se forem confrontados e punidos.”

Por isso temos de denunciar e buscar responsabilização de fatos como estes. O governo de Beto Richa, ele inclusive, já está sendo investigado por abuso e desrespeito aos direitos humanos, seja pelo Ministério Público ou pelo sistema de Direitos Humanos em várias esferas.

Assim também terá de responder o deputado Valdir Rossoni. Representarei contra ele, com outras parlamentares, à Procuradoria da Mulher na Câmara dos Deputados, para que se tomem as providênc

18 de Maio de 2015
por esmael
117 Comentários

Coluna do Luiz Claudio Romanelli: “O diálogo tem que vencer a intolerância”

romanelli_ocupacao_alepLuiz Claudio Romanelli*

A situação econômica vivida pelos estados da federação tem sido angustiante. Não há dinheiro em caixa para investimentos e tampouco para a concessão de reajuste nos salários dos servidores públicos. O Paraná ofereceu 5% em duas parcelas que vai depender do equilíbrio orçamentário-financeiro e a proposta não agradou aos sindicatos que representam o funcionalismo estadual. Desde que foi implantada a data-base, em 2007, tem prevalecido o IPCA. Como houve uma grande aceleração da inflação nos primeiros quatro meses, o índice chegou a 8,17%, agora em maio.

Por outro lado, creio na democracia como método e defendo a reabertura das negociações para que, através do diálogo possamos solucionar a situação atual que nos leva a ter as escolas e universidades fechadas, o que dá uma tristeza enorme para todos, alunos, pais, professores, e todos os que têm responsabilidade na administração pública.

Para os que falam em “invadir” novamente a Assembleia Legislativa, para impedir a votação do projeto, quero informar que já decidi como Líder do Governo não requerer regime de urgência neste projeto de lei do reajuste, pois já tivemos a lição do dia 29. O diálogo tem que vencer a intolerância.