17 de maio de 2015
por esmael
29 Comentários

Beto Richa estuda censurar imprensa e redes sociais para abafar propina de R$ 2 milhões na Receita Estadual

richa_censura_propinaO governador Beto Richa (PSDB), acusado em delação premiada de ser beneficiário de propina na Receita Estadual, estuda pedido de sigilo nas investigações do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) – braço policial do Ministério Público do Paraná. Se conseguir uma decisão favorável na Justiça, o tucano se livrará dos intensos debates pela imprensa e redes sociais. Leia mais

17 de maio de 2015
por esmael
65 Comentários

Requião Filho vai pedir a cassação de Beto Richa e da vice-governadora

requiaofilho_propina_richaO deputado estadual Requião Filho (PMDB), ao Blog do Esmael, informou neste domingo (17) que vai ingressar com uma representação na Procuradoria Eleitoral contra o governador Beto Richa (PSDB) por fraude na prestação de contas de campanha.

O parlamentar peemedebista se reúne nesta segunda-feira (18) com sua equipe jurídica para definir a estratégia, mas, de antemação, sabe-se que ele basear-se-á no artigo 350 do Código Eleitoral.

Pela Lei nº 4.737, em seu artigo 350, é prevista pena de até cinco anos de reclusão, além de multa, caso seja comprovado recursos de propina na campanha de reeleição do governador tucano.

No fim de semana, veio à tona que a campanha de Beto Richa foi irrigada por R$ 2 milhões oriundos de propinas na Receita Estadual. A denúncia foi apresentada pelo auditor fiscal Luis Antonio de Souza, em delação premiada no Ministério Público.

Por se tratar de uma representação eleitoral, se julgada procedente, o governador e a vice Cida Borghetti (PROS) perdem o cargo. Como a eleição do ano passada foi decidida no 1º turno, um novo pleito extemporâneo seria convocado pela Justiça Eleitoral.

Veja o que diz o artigo 350 do Código Eleitoral:

17 de maio de 2015
por esmael
19 Comentários

Garganta Profunda: Beto Richa, cuidado com as delações espontâneas!

collor_richa_impeachmentO principal informante do Blog do Esmael no terceiro andar do Palácio Iguaçu, que compreende o gabinete do governador Beto Richa (PSDB), neste domingo (17), foi acometido pela “compaixão” ao tucano encrencado com propinas que irrigaram sua reeleição com R$ 2 milhões vindos da Receita Estadual.

Garganta Profunda de Londrina, codinome do X-9 palaciano, explica as diferenças entre “delação premiada” — que faz sucesso na Operação Lava Jato, do juiz Sérgio Moro — e “delação espontânea”, aquela desinteressada, portanto, mais difícil de contestar…

“O governador Beto Richa precisa tomar cuidado”, recomenda o informante ao fazer um paralelo histórico do escândalo do tucano paranaense com aquele que derrubou Collor de Mello (um Fiat Elba), nos anos 1992, e o que defenestrou o então superministro da Fazenda, Antônio Palocci, a partir da delação do caseiro Francenildo Costa, nos anos 2006.

O medo do Palácio Iguaçu é com o “inesperado”, não com o que é previsível nessa usina de escândalos que envolvem sexo, droga e rock and roll.

Leia a íntegra de mais um relatório, com jeito de série “O melhor está por vir…”, de Garganta Profunda de Londrina:

17 de maio de 2015
por esmael
33 Comentários

Diretores de escolas denunciam ‘assédio moral’ no governo Richa

Nas vésperas da megamarcha dos educadores e servidores públicos do Paraná, que ocorrerá em Curitiba na próxima terça-feira, dia 19, os Núcleos Regionais de Educação (NRE) da Secretaria de Estado da Educação (SEED) estão pressionando diretores das 2,1 mil escolas do estado. As 32 regionais da área educacional convocaram os gestores para reuniões amanhã, segunda-feira, dia 18, às 8 horas.

Os chefes regionais do NRE cujas funções são em cargos em comissão têm a missão de ameaçar com processos administrativos e destituição os diretores que não obrigarem os professores a voltar imediatamente às salas de aula. O objetivo é promover um movimento “fura greve” e desarticular o protesto de terça na capital. O movimento organizado pela APP-Sindicato e mais 20 entidades da sociedade civil deverá reunir entre 30 e 50 mil pessoas.

A pressão dos NREs tem nome: assédio moral em cima dos diretores, que foram democraticamente eleitos pela comunidade escolar; somente professores, funcionários, pais e alunos podem colocar ou tirar os gestores de uma escola. O resto é balela e conversa para boi dormir.

Dito isto, chegou a informação ao Blog do Esmael de que os grevistas promoverão manifestações em frente aos 32 NREs, amanhã cedo, contra o assédio moral promovido pelo governo Beto Richa (PSDB). O professor Odair Rodrigues, de Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba, disse que os educadores irão fazer atos em solidariedade aos diretores de escolas. “Assédio moral é crime previsto em lei. É mais um crime do governador tucano e sua matilha”, atacou.

O grupo do professor Odair estará a postos no NRE da Área Metropolitana Sul, no bairro Boqueirão, em Curitiba.

O Blog do Esmael vai acompanhar de perto essa história. E na terça, ao vivo, transmite ao vivo para o Brasil e o mundo, em parceria com a TV 15, mais uma marcha da educação e a primeira pelo “Fora Beto Richa, impeachment já!”.