Por Esmael Morais

Richa teme protesto de professores na abertura da ExpoLondrina

Publicado em 09/04/2015

richa_protestoO governador Beto Richa (PSDB) poderá desconsiderar a ExpoLondrina 2015, que acontece entre hoje, 9, e 19 de abril no município de Londrina, no Norte do estado. Será a primeira vez que um chefe do executivo estadual faltará a uma das mais importantes feiras agropecuárias do país, que é organizada pela Sociedade Rural do Paraná (SRP).

Segundo um orelha seca do Blog do Esmael, instalado confortavelmente no Palácio Iguaçu, o governador tucano estaria temendo protestos caso compareça ao evento em Londrina cuja localidade é o “olho do furacão” nas denúncias de corrupção e pedofilia investigadas pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

De acordo com as informações do “orelhudo” palaciano, a Casa Militar monitora a movimentação de professores e funcionários de escola no município de Jaguariaíva, onde ocorrerá amanhã (10), às 16 horas, a inauguração do campus do IFPR (Instituto Federal do Paraná).

O temor faz sentido, pois a APP-Sindicato aprovou em seu Conselho Estadual, no final do mês passado, uma “agenda siga-me” contra deputados e o governador. A última vítima foi a deputada cantora Mara Lima (PSDB), em Maringá, durante show gospel.

A bronca dos educadores com o governador tem a ver com os sucessivos calotes que ele deu na categoria e a tentativa de confisco da poupança previdenciária dos servidores públicos.

Informalmente, há uma bolsa de apostas correndo as redes sociais. Internautas apostam entre si, de vinho a cervejas, se Beto Richa vai comparecer ou não na ExpoLondrina e na agenda de Jaguariaíva. Portanto, faça você também a sua “fezinha”.