Revoltados com preço do ônibus, moradores de Araucária são dispersados a bombas e balas de borracha; assista ao vídeo

Em sua coluna no Blog do Esmael, senadora Gleisi Hoffmann culpou hoje o governador Beto Richa (PSDB) pela desintegração do transporte coletivo e pelas tarifas de ônibus mais caras na região metropolitana de Curitiba; "E depois da eleição mudou o discurso, dizendo não ser correto que o Estado se responsabilize por despesas dos municípios", registrou a colunista no momento em que moradores de Araucária se revoltavam com a situação; abaixo, assista ao vídeo.

Em sua coluna no Blog do Esmael, senadora Gleisi Hoffmann culpou hoje o governador Beto Richa (PSDB) pela desintegração do transporte coletivo e pelas tarifas de ônibus mais caras na região metropolitana de Curitiba; “E depois da eleição mudou o discurso, dizendo não ser correto que o Estado se responsabilize por despesas dos municípios”, registrou a colunista no momento em que moradores de Araucária se revoltavam com a situação; abaixo, assista ao vídeo.

A manhã desta segunda-feira (13) foi de muita confusão no Terminal Vila Angélica, no município de Araucária. A tropa de choque da PM e da guarda municipal intervieram com bombas e tiros com balas de borracha para dispersar os revoltosos que protestavam contra o preço da tarifa do ônibus e a péssima qualidade do transporte público.

Ao menos cinco ônibus foram depredados por 150 pessoas, que também se indignaram com a mudança na forma de pagamento da tarifa. A partir de hoje, o cartão da URBS — empresa que gerencia o transporte — deixou de valer e muitos estavam sem dinheiro para pagar a passagem.

A manifestação de hoje cedo coincidiu com a profética publicação, no Blog do Esmael, da coluna da senadora Gleisi Hoffmann (PT) na qual relata que a desintegração no transporte coletivo causa revolta entre os moradores da região metropolitana de Curitiba.

“E vemos notícias com cenas de pessoas, principalmente mulheres, em situação vexatória de se disporem a pular as catracas em terminais, por não terem como pagar passagens tão caras”, anotou a colunista.

Gleisi Hoffmann apontou o governador Beto Richa (PSDB) como responsável pelo quiproquó em Araucária, pois, segundo ela, durante a campanha de 2014, o tucano demagogicamente prometeu o subsídio à tarifa, mas mudou o discurso depois de reeleito.

A Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba), responsável pelas linhas de ônibus metropolitana, é comandada pelo deputado licenciado Ratinho Júnior (PSC), secretário do Desenvolvimento Urbano (SEDU).

O vídeo publicado no site Araucária no Ar foi enviado pela leitora Jéssica Serqueira e as fotos são do jornal O Popular do Paraná.

Assista ao vídeo:

12 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Beto Richa não deixa a guerra começar… O Paraná lugar de gente pacata está virando uma bomba relógio, aqui é o início da revolução do povo contra o poder sujo das oligarquias, aqui as mudanças começam a acontecer… Espero que as autoridades não percam o controle e os políticos ouçam as queixas do povo, pois do contrário………….

    Agora esse prefeito de Araucária é um sujeito ausente, especializou-se em torrar a receita gorda que vem do estado pela participação no ICMS e muito pouco faz pelo povo. Transformou a prefeitura do município em estacionamento de comissionado, amigos do Beto Richa, quando ele não consegue vaga no palácio Iguaçu manda para Araucária… Uma vergonha um município com uma grande receita, devendo para os fornecedores e nem brigou pelo povo no caso do transporte coletivo…. Tá na hora de afastar essa cúpula nefasta do poder do município…

  2. Quebrar um onibus..
    isto é coisa de loki..
    E gente covarde..me desculpem..
    Tem que ir lá na casa do POVO..
    E fazer valer a voz..
    Não gostei..
    Não é por ai..

  3. gosto da rosane ferreira mas acho que ela está ausente nessa questão da integração , ela como força política de araucária deveria cobrar do beto e do fruet uma posição.

  4. A Suja falando do mal lavado. Claro que a culpa do desintegração foi Beto Richa, Mais PT, não é alternativa melhor que PSDB! São farinhas do mesmo saco! O Paraná só vai pra frente, sem o PT e PSDB.

  5. Esqueci, é claro de nosso valorosos comunicadores deputados, blogueiros e paladinos.

  6. Meu povo: Beto Richa é MAU!
    Porque vocês teimam em esperar coisas boas dele?

  7. É isso aí povão: tome ônibus caro, e tome bordoada,
    com o patrocínio e as saudações do Beto Richa.
    Foi ele que desintegrou a RIT da região metropolitana,
    e mandou baixar o sarrafo em suas costas.
    Continuem votando nele seus manés, afinal ele é tão
    bonitinho… kkkkkkkkk

  8. BETO RICHA É CULPADO DO TRANSPORTE COLETIVO ESTAR ASSIM!

    Isso é um dos resultados da cruzada pela destruição dos serviços públicos no Paraná. O (des) governo atual do Paraná via Beto Richa em decisão passada atingiu em cheio a população da capital e da região metropolitana: Era a decisão da Comec (Coordenação da região metropolitana) de acabar com a rede integrada no transporte coletivo, afetando milhões de pessoas e sucateando a qualidade do serviço ofertado que já limitado.
    Esse trajeto de Araucária ao Capão Raso foi reduzido de 54,9 para 39,5 quilômetros.
    Colombo ao Cabral faz um trajeto de 18 quilômetros, enquanto a Colombo/CIC faz 53,2 quilômetros.
    A linha Campo Largo/Curitiba foi reduzida de 54,7 para 49,8 quilômetros.
    Solução: Que se crie uma frota pública, como forma de contrabalancear o sistema hoje fortemente cartelizado, operando as linhas mais distantes e de menor oferta de transporte.

  9. Creio que seja só uma batalha de longa guerra. Mostra o descaso dos gestores, a indiferença com o grave problema social dela decorrente. Digna de nota a ausência do Ministério Público, Judiciário, a tudo coniventes/silentes. E a polícia tem de descer a borduna em trabalhadores e estudantes (que usam os mesmos ônibus).
    Ainda faltam OUTROS MUNICÍPIOS da Região Metropolitana (?) e Araucária é ainda cobaia.
    Os empresários caladinhos aguardam e pressionam TC, Câmara, M.P. pois terão aumento exponencial em seus lucros. O problema ? é que com aumento de inflação, taxas e serviços, ninguém tem dinheiro para arcar com mais este custo.
    Nossas autoridades querem o POVO NA RUA, estão pedindo. Só não precisavam exagerar tanto. Nossos vereadores ? Prefeitos ? Deputados ? Delegados ? Preferem assistir de camarote.