Por Esmael Morais

Petistas e pedetistas fazem ‘seminário de enfrentamento’ a Gustavo Fruet no transporte público de Curitiba

Setores importantes do PT estão por trás de um seminário municipal sobre os rumos do transporte público em Curitiba. O evento coordenado pelo vereador Jorge Bernardi (PDT) pretende, nesta sexta-feira, dia 10, a partir das 9h às 12h, fazer enfrentamento às políticas do prefeito Gustavo Fruet (PDT) nessa área. Segundo o petista Milton Alves, em seu blog,

Publicado em 07/04/2015

seminario_transporte_ctbaSetores importantes do PT estão por trás de um seminário municipal sobre os rumos do transporte público em Curitiba. O evento coordenado pelo vereador Jorge Bernardi (PDT) pretende, nesta sexta-feira, dia 10, a partir das 9h às 12h, fazer enfrentamento às políticas do prefeito Gustavo Fruet (PDT) nessa área.

Segundo o petista Milton Alves, em seu blog, o seminário debaterá a falência do atual modelo e as alternativas para um transporte público de qualidade, de amplo acesso e sem cartelização. De acordo com ele, haverá participação de movimentos e ativistas da luta pelo transporte público na cidade.

Dentre os debatedores estão o senador Roberto Requião (PMDB), Luiz Carlos dos Santos (presidente da Empresa Pública de Transporte de Maricá); representante do Ministério Público; professor Lafaiete Neves; e André Machado (Plenária Popular do Transporte).

O jornal Gazeta do Povo, na edição de hoje, revela que o preço alto e a qualidade ruim do transporte, em Curitiba e na região metropolitana, decorrente da desintegração do sistema, ressuscitou a figura do “pulacatraca” — pessoa que pula a roleta para não pagar a tarifa — tão comum nos anos 90, quando da crise do desemprego patrocinada pelo governo de FHC.

No meio dessa confusão entre empresas da máfia do transporte, usuários e Prefeitura de Curitiba têm as entidades que defendem a redução da tarifa do ônibus para R$ 2, haja vista que houve a desintegração do sistema e isso, argumentam, diminui os custos alegados anteriormente.